Ônibus Paraibanos

Eu era assim, estou assim: 6400 da Empresa Nossa Senhora de Fátima

Por Ônibus Paraibanos com informações de Francisco Víctor Santos de Araujo 
Imagens JC Barboza / José Franca

A Empresa Nossa Senhora de Fátima por um bom tempo dominou as linhas da região sul e sudoeste de Sergipe, sendo a principal ligação da capital com os municípios de Itaporanga, Lagarto, Simão Dias e Poço Verde. A empresa teve origem em 1953 no ramo de transporte, oficina mecânica e comercio de peças, lubrificantes e combustíveis. Inicialmente apenas contava com duas marinetes. Com a exploração da linha Simão Dias / Lagarto / salgado / Aracaju, as atividades da empresa se estenderam e em 1955 José Martins Neto cedeu sua parte na sociedade a Josino Almeida, que mudaria o nome para Josino Almeida e filho Ltda, em virtude de ter o filho José Almeida como sócio. Em 1962 foram admitidos como sócios os filhos Wanderlan Teixeira de Almeida e Wanderley Teixeira de Almeida, o que alterou a razão social da empresa para Josino Almeida e Filhos Ltda. Em 1975 foi admitido como sócio o filho Valdson Teixeira de Almeida e mudada novamente a razão social para Empresa Nossa Senhora de Fátima.

A empresa tornou-se uma das mais modernas do Nordeste, tinha como referência o atendimento, a segurança e a pontualidade, teve sua frota renovada contando com ônibus Scania – Vabis e Mercedes – Benz, chegando a contar com 200 veículos e graças à concessão para explorar as linhas Simão Dias / Lagarto / Salvador / Simão Dias e Aracaju / Rio de Janeiro / Aracaju (atualmente explorada pela empresa Viação Itapemirim e no passado pela Nossa Senhora da Penha), fundou duas filiais, sendo uma no Rio de Janeiro – RJ e a outra em Salvador – BA, atendendo também cidades do interior de Sergipe como, Poço Verde, Tobias Barreto e Itabaiana e a cidades do interior da Bahia, como Paripiranga, Fátima e Cícero Dantas. Bem instaladas as filiais contavam com escritórios, oficinas e apartamentos completos para repouso dos motoristas quando em viagem para o Rio de Janeiro.

A qualidade dos serviços prestados pela Empresa Nossa Senhora de Fátima rendeu a ela diversos títulos e prêmios como: “A mais atuante” dos anos de 1964, 1967, 1969, 1972, 1979 e 1980 conferidos pela opinião pública de Aracaju, Título de Empresa mais limpa do Brasil conferido pela Rede Globo em 1964, Prêmio de Melhor pintura do Brasil em 1970, conferido pela Mercedes-Benz. Também foi laureada pelo antigo Departamento Nacional de Estradas e Rodagens (DNER), hoje (DNIT) Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte, como a Melhor Empresa de Transportes a operar na Rio-Bahia.

A Fátima rodou até 2015 na única linha interestadual que lhe sobrou que ligava Aracaju á cidade baiana de Paripiranga, encerrando assim, a história de uma das pioneiras do transporte rodoviário de passageiros em Recife. Em breve falaremos da história completa da Empresa Nossa Senhora de Fátima.

Agora que você conheceu um pouco da história da Fátima, vamos conhecer a história do astro dessa matéria. um Busscar Jum Buss 340 com chassi Mercedes-Benz O-364 fabricado em 1996 e que foi o 6400 da Fátima, rodando em suas linhas intermunicipais e interestaduais.

Esse 6400 , foi reformado em  2008 e passou a ser o 1064, da Voyage, (mantendo a cor amarela da Fátima ao fundo) empresa administrada pelo filho e neto do fundador da Fátima e que prestava serviços de transporte intermunicipal para os municípios de Salgado, Lagarto, Simão Dias e Poço Verde.

Em 2009 voltou para a Fátima para operar a linha Aracaju X Paripiranga, porém não rodou por muito tempo. Ele se envolveu em um acidente aonde ele bateu de frente com um celta que invadiu a pista onde ele estava, perdendo o controle e caindo num barranco, ficando com a dianteira bem avariada.

Mas para a nossa surpresa, no último dia 26 de março, ao passar no bairro da Penha, no subúrbio carioca, achamos o antigo 6400 da Fátima e o 1064 da Voyage estacionado numa rua e bem inteiro, inclusive mantendo as características dele na época da Voyage, sua última empresa.

Compartilhe esta matéria

1 comentário em “Eu era assim, estou assim: 6400 da Empresa Nossa Senhora de Fátima”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.