O último monobloco da Itapemirim

O 40519 foi o último dos monoblocos da amarelinha

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Paulo Rafael Viana

Em 1996, a Viação Itapemirim investiu US$ 40 milhões na compra de 175 monoblocos Mercedes-Benz O-400RSD para o lançamento do seu novo serviço Starbus, história essa contada pelo Ônibus Paraibanos em maio de 2015. A compra foi única e foi uma das últimas encomendas feitas pela Mercedes-Benz enquanto fabricante de ônibus completos. Tanto essa compra quanto a da São Geraldo, feita na mesma ocasião, entraram para a história.

Desses 175 monoblocos adquiridos pela Itapemirim, alguns foram transformados em Dreambus, outros foram perdidos em acidentes, como o 40229, envolvido no trágico acidente do Barro em 2004, o qual foi reencarroçado como um Paradiso G6. Outros foram vendidos, e atualmente só restam 30 unidades na garagem da empresa, de acordo com recente levantamento realizado pela atual gestão. Destes 30, pelo menos dois rodam.

Vendido para proprietário particular, o 40519 foi o último monobloco fabricado. Estes são registros do veículo quando o Ônibus Paraibanos visitou a garagem da Viação Itapemirim em Campina Grande, no ano de 2012.

Tal modelo marcou tanto na empresa que seu design serviu como referência para a construção da quarta e última geração do Tribus, cuja carroceria é nada menos que a do Tribus III, mas com frente e traseira dos monoblocos O-400 RSD.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.