Os Mascarellos da Marcos da Silva

Modelos são raros no sistema pessoense

Por Ônibus Paraibanos
Imagens JC Barboza / Jefferson José

O sistema coletivo municipal de João Pessoa é dominado por veículos encarroçados pela Marcopolo. Todas as empresas que operam nos dois consórcios, Unitrans e Navegantes, possuem modelos da encarrooçadora gaúcha de Caxias do Sul.

Das cinco empresas, três possuem frota 100% Marcopolo e duas com frotas bem diversificadas, principalmente a Marcos da Siva, que possui modelos da Marcopolo, Neobus, Caio e Mascarello.

Em 2018, a empresa, que compõe o consórcio Navegantes, surpreendeu a todos trazendo três veículos produzidos pela Mascarello, sendo os primeiros de toda a frota urbana de João Pessoa.

As unidades são do modelo Gran Via Midi e foram fabricadas em 2011. São encarroçadas no chassi OF-1722M da Mercedes-Benz e têm origem cearense. Foram adquiridas zero quilômetro pela extinta empresa Montenegro, do sistema municipal de Fortaleza. Com o fim das atividades desta, várias unidades do lote foram para a Cearense, também municipal de Fortaleza e também extinta, mas três foram parar na Via Metro, de Maracanaú, do sistema metropolitano da Grande Fortaleza.

As unidades possuem três portas, sendo a central equipada com elevador para cadeirantes, e letreiro eletrônico frontal da marca FRT.

As unidades são as seguintes:

09122: Ex-11109 da Montenegro e 0211130 da Via Metro. É o único a vir com letreiro frontal âmbar.

09123: Ex-11110 da Montenegro e 0211131 da Via Metro. Letreiro frontal branco.

09124: Ex-11108 da Montenegro e 0211132 da Via Metro. Também com letreiro frontal branco.

No intermunicipal rodoviário a situação não é muito diferente, apenas três empresas possuem veículos encarroçados pela Mascarello. São elas Rio Tinto, São José e Transpassos.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.