BRT do corredor Norte Sul terá três linhas com ônibus de menor capacidade

Por Diário de Pernambuco
Imagens JC Barboza  / Divulgação

O Sistema Via Livre do BRT Recife no Corredor Norte/Sul vai receber pela primeira vez ônibus não articulados. A mudança foi uma decisão do Consórcio Conorte, após apresentar proposta ao Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano. A empresa alega que houve queda de 15% a 20% no número de passageiros ao longo de 2019. Os ônibus articulados (dois em um) são uma das marcas do sistema para transportar uma quantidade maior de pessoas em um menor tempo. O projeto original previa o bi-articulado nos corredores do BRT, mas devido a falta de espaço para manobrar no tráfego misto se decidiu pelo articulado. Cinco após a implantação do modelo tem início a substituição dos veículos por ônibus ainda menores. O BRT articulado tem 20 metros de extensão e transporta até 140 passageiros. Os novos veículos têm 13,30 metros de comprimento e transporta 105 passageiros por viagem.

Na conta feita pelo Conorte haverá um ganho na otimização dos ônibus articulados em linhas convencionais com maior demanda. Os oito ônibus do BRT articulados vão ser retirados das linhas: 1970; 1915 e 1900. A linha 1970 faz ligação entre os terminais do TI Pelópidas e TI PE-15. As outras duas saem do TI PE-15 com destino a Prefeitura do Recife e outra para a Rua do Sol. “A gente vai colocar em operação 40 novos veículos com ar-condicionado e desses, oito vão substituir três linhas que eram feitas por ônibus articulados, mas que estão com uma demanda menor”, afirmou o diretor de operações do Conorte, Almir Buonora.

Os ônibus menores terão o mesmo padrão do BRT, incluindo suspensão a ar, portas à esquerda e ar-condicionado. Também houve uma preocupação em manter as cores do sistema Via Livre. “Esse modelo comporta mais passageiros do que o ônibus convencional tradicional que tem 12 metros de extensão e capacidade de 80 passageiros”, explicou Buonora.

Ainda segundo o empresário não é uma questão de redução de custo, mas de planejamento operacional. “Nessas três linhas em que os veículos estão sendo substituídos, todas as outras linhas passam pelo mesmo trecho. Elas têm, na verdade, um superatendimento porque todos os BRTs do Conorte tem como destino o Centro e o ramal da Prefeitura”, ressaltou.

Os oito veículos articulados que vão integrar o sistema convencional irão atender as linhas 1909 do TI Pelópidas/Joana Bezerra e a linha 1977 do TI Pelópidas/Conde da Boa Vista, que fazem parte das linhas convencionais do ramal da Agamenon Magalhães. “Dos 40 ônibus que nós compramos, oito vão para as linhas do BRT e 32 vão substituir todos os convencionais dessas duas linhas que estão sendo assistidas e com isso vamos aumentar a quantidade de passageiros beneficiados”, afirmou Almir.

Na conta, o diretor do Conorte explica que opera atualmente com 13 ônibus de 12 metros cada, que transporta até 80 passageiros, o que perfaz uma média de 1.040 pessoas transportadas por dia. Com a mudança serão nove ônibus de 13,30 metros com capacidade cada um de transportar 105 passageiros, o que significa 945 pessoas e mais quatro ônibus com 20 metros de extensão (articulado) com capacidade de transportar 140 pessoas cada um, totalizando 560 pessoas, somando os dois modelos são 1.505 pessoas transportadas ao dia.

“Hoje nós temos 88 ônibus com ar-condicionado e vamos passar a ter com os novos 40 modelos, 128 ônibus com ar-condicionado e transportando uma quantidade maior de pessoas. Não se trata de economia, mas de otimizar a frota”, afirmou o empresário.

A expectativa é fazer a mudança do BRT articulado para o modelo convencional até fevereiro. “Nós já estamos com 15 ônibus e aguardando a chegado dos outros 25”, revelou. Toda a mudança começou a ser costurada desde outubro do ano passado junto com o Consórcio Grande Recife, que gere o sistema de transporte público na Região Metropolitana. “Essa discussão precisa ser amadurecida. Serão feitos todos os testes antes da definição, mas independente se oito carros articulados serão substituídos pelo convencional, os 40 ônibus vão integrar o sistema de transporte público”, explicou o diretor de operações do Grande Recife, André Melibeu.

Saiba mais

Corredor Norte/Sul

66 mil usuários transportados por dia
28 estações
5 municípios são atendidos

Linhas em operação do Norte/Sul :

1900 – TI PE-15 (PCR)
1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto)
1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto)
1976 – TI Pelópidas (PCR)
1970 – TI Pelópidas/TI PE-15
1946 – TI Igarassu (PCR)
1961 – TI Abreu e Lima (Dantas Barreto)
1962 – TI Abreu e Lima (PCR)

Tamanho e capacidade dos veículos:

20 metros de extensão e transporta 140 passageiros
12 metros de extensão do ônibus convencional e transporta 80 passageiros
13,30 metros de extensão do novo modelo do convencional transporta 105 passageiros
8 ônibus do BRT articulado serão substituídos por 8 convencionais novos

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.