Paranapuan busca recuperação judicial

Empresa transporta milhares de passageiros por dia e emprega 500 trabalhadores

Por Ilha Notícias – André Oliveira
Imagens Divulgação

A empresa Transportes Paranapuan é a campeã de reclamações dos insulanos, que criticam a qualidade dos serviços de transporte público prestados à população. Diariamente, a redação do jornal Ilha Notícias recebe denúncias de atrasos nos horários, mau estado de conservação e veículos quebrados. Na terça (30), a reportagem do jornal esteve na empresa para um bate-papo e tentar entender a real situação da empresa.

Fundada em 1950, a Paranapuan é responsável pelo transporte de 80 mil passageiros por dia. De acordo com a diretoria, o momento financeiro da empresa é caótico e compromete diretamente a qualidade do serviço oferecido. Para tentar superar esta crise, a diretoria busca sair da situação através de um acordo de recuperação judicial empresarial, recurso que concede prazos e condições especiais para pagamento das obrigações vencidas.

— É a forma que encontramos de reorganizar financeiramente. Montamos um plano de recuperação e está prevista uma reunião em novembro com nossos credores para readequar nossas dívidas e decidir de qual forma serão pagos nossos compromissos financeiros. A intenção é dar prioridade aos trabalhadores que estamos em débito. O momento atual é de dificuldade, sim, mas confiamos que temos plenas condições de reerguer a empresa – garante a advogada da empresa, Bianca Kupper.

Enquanto a empresa vive a expectativa de recuperação, o insulano sofre em viagens que não sabe se chega ao final da linha, além da falta de climatização da frota, que durante o verão, torna o trajeto agonizante e cansativo. A Paranapuan emprega cerca de 500 funcionários, 70% deles insulanos, e todos estão com seus direitos trabalhistas em dia. Segundo Bianca a empresa vai mudar o cenário e pede um voto de confiança para a população insulana.

— O nosso momento é de muito trabalho. Na parte operacional já estamos avançando em procedimentos que antes, por conta das dificuldades financeiras, não estávamos conseguindo. Prova disso é que obtivemos recentemente o selo de liberação do INEA para o funcionamento da nossa garagem, e agora finalizamos a instalação da rede de combate a incêndio. A Paranapuan não está inerte. Hoje se um carro nosso apresenta problemas, nós buscamos resolver imediatamente. O voto de confiança dos insulanos é bastante importante — relata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.