Ônibus Paraibanos

Homologada pela justiça a recuperação judicial da Comil

Por Jornal Boa Vista
Imagem Divulgação Comil

Nesta quarta-feira (26) o Juiz de Direito da Comarca de Erechim, Juliano Rossi, homologou a recuperação judicial da empresa Comil, que foi aprovada em assembleia no dia 25 de abril. “Foi homologada pela Justiça exatamente como foi na assembleia, sem nenhuma ressalva. Quem está de parabéns é Erechim, graças a Deus”, comemorou o diretor presidente da Comil, Deoclécio Corradi.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Erechim, Fábio Adamczuk, também celebrou: “Que bom que a recuperação foi homologada conforme o plano que a empresa apresentou. Agora é só tocarmos adiante que dará tudo certo. Dentro de trinta dias os funcionários demitidos começarão a receber a rescisão, conforme o plano”.

Comil emite nota sobre plano de recuperação judicial homologado

Na tarde desta quinta-feira (27), a Comil Ônibus S.A emitiu nota sobre o Plano de Recuperação Judicial homologado ontem, pelo juízo da 22 Vara Cível de Erechim.

A Comil Ônibus S.A. teve seu Plano de Recuperação Judicial homologado ontem pelo juízo da 22 Vara Cível de Erechim, estando, a partir de agora, com a Recuperação Judicial (RJ) concedida. Este é um marco fundamental para a Comil, colaboradores, fornecedores, parceiros e todos os envolvidos no processo de RJ, pois garante a preservação da empresa, a manutenção da fonte geradora de empregos e renda e o pagamento dos credores, na forma acordada.

Em até 30 dias inicia-se o Pagamento da Classe Trabalhista e dos credores com créditos de até RS 5 mil, conforme especificado no Plano.

O desempenho da empresa nestes últimos três anos aponta para um crescimento sólido e rentável dos negócios, capazes de garantir a perpetuação da Comil. Só no ano de 2018 a produção cresceu 29%, com destaque para a alta do segmento rodoviário e intermunicipal, consolidando a Comil como a 22 maior fabricante de ônibus rodoviários do País, segundo dados da FABUS. A Comil abriu mais de 230 novos postos de trabalho desde setembro de 2016, sendo que grande parte são ex-funcionários desligados no momento de crise. A empresa segue honrando com todos os pagamentos e compromissos após o pedido de RJ, não possuindo atrasos com fornecedores, clientes e tributos. Mais que isso, já antecipou o pagamento de cerca de R$ 6 milhões para a Classe Trabalhista.

Conforme ressaltado na sentença de homologação pelo Juiz de Direito, Dr. Juliano Rossi, “(…) a Empresa Recuperanda vem demostrando, desde o deferimento do processamento do pedido, que reúne plenas condições de cumprir com as obrigações estabelecidas no Plano de Recuperação, aprovado pela Assembleia Geral de Credores (…)”.

Agradecemos a confiança de todos credores, parceiros e clientes, que nos ajudam a construir o futuro da Comil e garantem nossa perpetuação no mercado onde atuamos há mais de 30 anos.

Direção da Comil Ônibus S.A.

Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.