Depois do Conde, numerações das linhas de Bayeux e Santa Rita também mudam

Códigos das linhas passam a começar pelo número 56, tal como os ônibus.

Por Ônibus Paraibanos
Fotos Fábio Gonçalves / Gilberto da Costa Júnior

Na esteira das mudanças nas linhas do Conde e como já esperado, as linhas de Bayeux e Santa Rita também terão suas numerações padronizadas, atendendo determinação do DER-PB.

Veja como ficam as linhas do lote 56, do Consórcio Metropolitano, composto pela TR Transportes, Das Graças e Transnacional:

Linha Numeração antiga Numeração nova
Aeroporto/Alto da Boa Vista 5501 5601
Imaculada 5502 5602
Mário Andreazza 5503 5603
Tambay 5505 5605
Jardim Aeroporto 5506 5606
Tibiri/Via Bayeux 5002 5607
Santa Rita/Bayeux 5003 5608
Heitel/Tibiri 5004 5609
Marcos Moura/Via Oeste 5005 5610
Várzea Nova/Fórum 5007 5611
Distrito/Santa Rita 5009 5612
Distrito/Tibiri 5010 5613
Várzea Nova/Boa Vista 5014 5614

A linha do SESI seria a 5604, mas ela não roda; seu itinerário é absorvido pela 5605 – Tambay.

A linha de Lucena permanece 5015, mas pode ser alterada para 5615 – tal mudança não aparece no Cittamobi, diferente das demais linhas.

Há um detalhe que precisa ser observado: os códigos 5603 e 5605 já são usados em linhas municipais de João Pessoa – Mangabeira VII/Manaíra Shopping e Mangabeira V/Manaíra Shopping. Essas linhas não passam no Centro, muito menos nos mesmos itinerários das linhas de Bayeux. Até segunda ordem, estas devem permanecer com os códigos, mesmo que em duplicata.

Os itinerários das linhas permanecem os mesmos e as alterações devem ser vistas nos ônibus até esta quinta-feira (7), mesmo dia em que entram em vigor as alterações das linhas do Conde, que devem dar continuidade às numerações de Cabedelo.

As linhas de Santa Rita foram as primeiras de todo o sistema metropolitano a usar códigos numéricos, no final dos anos 1990. Bayeux chegou por último, e na última frota da Metro – os cinco Viales ex-Galo Branco (hoje na Marcos da Silva), passando a ser mais efetivamente usado pelas empresas do Consórcio Metropolitano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.