Procurador explica ação judicial contra paralisação dos ônibus em Campina Grande

Por Paraíba On Line
Imagem Divulgação

A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande ingressou nessa terça-feira (20) com uma ação judicial para evitar que a cidade fique sem ônibus.

Segundo o procurador jurídico da STTP, Gilberto Aureliano, a ação tem por objetivo a manutenção, no caso de uma possível greve, de uma frota mínima para que a população dos bairros de Campina Grande continue sendo atendida.

Gilberto destacou que a medida cautelar determinou que o sindicato dos motoristas e o sindicato das empresas de ônibus mantenham o funcionamento sob pena de uma multa diária de R$ 10 mil.

– Não somos contra a greve, desde que respeitados os direitos das outras pessoas, no caso o usuário do transporte público. Hoje temos uma demanda de aproximadamente 80 mil pessoas que utilizam o transporte público. O que buscamos com essa ação foi garantir o atendimento para a população – disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba