Comec testa ônibus que possibilita embarque por portas nos dois lados do veículo

Por Bem Paraná
Imagem Maurílio Cheli/AN-PR

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e a Viação Santo Ângelo, de Colombo, acabam de lançar um projeto-piloto para utilização de um novo modelo de ônibus multimodal, um veículo capaz de operar linhas comuns, aquelas com embarque convencional pelo lado direito dos ônibus, e ainda as linhas tipo Ligeirinho, com embarque em estações-tubo ou plataformas nos terminais.

A inovação permitirá que o ônibus atenda quase todas as linhas da Rede de Transporte, reduzindo a frota reserva de ônibus e, consequentemente, o custo da operação, visto que a frota reserva também é considerada no cálculo tarifário.

Além dessa redução de custos, a medida vai permitir que no futuro seja estudada a implementação de linhas multimodais, ou seja, que durante seu trajeto possuam os dois modelos de embarque. Esta possibilidade é vista por especialistas como uma melhoria significativa, trazendo mais agilidade para o sistema.

Segundo o presidente da Comec, Gilson Santos, é uma obrigação dos gestores públicos buscar continuamente por melhorias, tornar o sistema cada vez mais eficiente e efetivo. “Este projeto é prova do nosso esforço neste sentido e uma questão de respeito com o cidadão e de compromisso com as futuras gerações”.

Além desta inovação os novos modelos são equipados com suspensão a ar, que visam proporcionar maior conforto aos usuários durante as viagens; elevador para pessoas com deficiência; itinerários digitais para fácil identificação do atendimento e catraca com braço móvel, recurso que permitirá a utilização de todo o salão dos veículos quando estiverem atendendo linhas de ligação direta, tipo ligeirinho.

1 comentário em “Comec testa ônibus que possibilita embarque por portas nos dois lados do veículo”

  1. Aqui em Belo Horizonte, parte das linhas do MOVE (o nosso BRT daqui) funcionam dessa forma, com ônibus mistos que trafegam tanto em pistas segregadas com embarque em nível, quanto em pistas comuns. Mas apenas a frota MOVE dispõe desse ônibus mistos. É bom tomar cuidado com esse tipo de solução, pois o ideal é que linhas em pistas segregadas fiquem o máximo possível nelas, pra não sofrer os problemas do trânsito, e atrapalhando todo o sistema, como ocorre aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha