Saiba como denunciar problemas com ônibus de João Pessoa

Por Portal Correio
Imagens Divulgação

Apesar da alta no valor das passagens de ônibus de João Pessoa, o usuário ainda convive com alguns problemas. Em vídeos enviados para o Instagram do repórter da TV Correio Emerson Machado, internautas relatam problemas em veículos que vão desde princípio de incêndio até goteiras no teto. Nesse último caso, por exemplo, pode-se ver pessoas com guardas-chuvas dentro do veículo.

Em outras imagens, percebe-se usuários fora de um veículo e a pessoa que está gravando afirma que o ônibus está quebrado. Já em outra imagem recebida, dá para notar um ônibus que, segundo o internauta, teria passado por um princípio de incêndio.

Na foto abaixo, é possível perceber o operador do veículo na porta, com a tampa do motor aberta e um extintor perto da entrada dianteira.

onibus-incendio-hoje

Muitas vezes, usuários preferem reclamar em redes sociais sobre o sistema de transporte, mas não usam canais oficiais para formalizar queixas e as denúncias não são registradas.

Como formalizar reclamação

Quem se sentir lesado, porém, pode procurar a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) para denunciar. O órgão disponibiliza dois canais de comunicação com o usuário, através dos telefones 3218-9330 e 3218-9336 ou pela internet no Fale Conosco (servicos.semobjp.pb.gov.br).

“SEMOB DISPONIBILIZA CANAIS PARA O USUÁRIO, ATRAVÉS DOS TELEFONES 3218-9330 E 3218-9336 OU PELO SERVICOS.SEMOBJP.PB.GOV.BR”

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP), só de 2017 a janeiro de 2019, foram incorporados à frota aproximadamente 120 veículos. O órgão informou ainda que todos os ônibus que apresentam problemas mecânicos são reparados e retornam para a circulação, sendo fiscalizados diariamente.

1-2

Vistorias

A Semob afirmou que realiza uma vistoria obrigatória dos veículos de transporte. No caso dos ônibus, essa vistoria é semestral. Segundo a superintendência, os ônibus só estão autorizados a circular caso sejam aprovados.

“Além disso, existe fiscalização durante todo o ano. Os agentes do setor vão até os terminais de cada linha e fazem análise de diversas questões, tanto relacionadas ao conforto dos passageiros, quanto de questões mecânicas”, disse a Semob-JP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.