O MP/PB e o Fórum de Trânsito (III)

Por Mário Tourinho
Imagem JC Barboza

São várias as pessoas que, conosco se encontrando – e por haverem lido as duas partes anteriores deste artigo – têm manifestado seus interesses pessoais (seja na condição de pedestre, seja na condição de motorista) quanto à instalação, anunciada pelo Ministério Público do Estado (MP/PB), do Fórum Interinstitucional Permanente pela Preservação da Vida na Cidade de João Pessoa, ou simplesmente denominado como Fórum de Trânsito. De nossa parte, no texto anterior sugerimos que esse Fórum pudesse ter abrangência maior relativamente ao espaço físico a que se reportará, ou seja, que em vez de limitar-se à cidade de João Pessoa, amplie-se-o para a respectiva Região Metropolitana, minimamente considerando a área mais confluente formada pela capital do estado, por Cabedelo, por Bayeux e por Santa Rita.

Além dos órgãos municipais de mobilidade urbana, a exemplo da Semob-JP e Semob de Cabedelo, assim como o DETRAN-PB, DER-PB e até o DNIT, há, em relação a esse Fórum, o interesse das Ongs cujas ações estão nesse mesmo campo que envolve o transporte de passageiros e o trânsito, merecendo ser lembradas a ETEV (Educar para o Trânsito, Educar para a Vida) e o Grupo Mobilidade Urbana Já (com sede no bairro Valentina Figueiredo), além de portais cujos noticiários são exclusivamente nessa área (Ônibus Paraibanos é um desses portais). Todos já estão em expectativa e, mais importante, com a confiança de que o Dr. Valberto Cosme de Lira (o Procurador de Justiça designado pelo MP/PB para coordenar esse Fórum) mais uma vez dedicará o melhor de sua reconhecida competência no sentido de que sejam propostas sobretudo medidas integrativas dos programas, projetos e atividades dos órgãos públicos responsáveis por este tão importante segmento, a fim de que efetivamente consigamos evitar tantos acidentes de trânsito, consequentemente possamos preservar as vidas de tanta gente paraibana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.