Falta integração governamental

Por Mário Tourinho
Imagem Reprodução TV

Na quinta feira, dia 13, logo cedinho, a TV Correio, através do programa Correio Manhã, apresentado por Nilvan Ferreira, chama a repórter Jaceline Marques que, com a imagem de um ônibus do transporte coletivo urbano de João Pessoa, começa a noticiar o seguinte:

– “Olha, Nilvan, que flagrante aqui na avenida Rui Barbosa com a Santino Coutinho – bairro da Torre! Um ônibus acaba de atolar em um buraco da Cagepa. Caiu literalmente e já travou o trânsito a esta hora da manhã…” – e faz uma reportagem que levou uns quatro minutos.

Fechando esta reportagem, o próprio apresentador Nilvan Ferreira, dos estúdios da TV, comenta: “Que situação essa, hein?! E agora, pra tirar esse ônibus daí… tem que ser puxado… os trabalhadores atrasados para os locais de seus trabalhos!… Que situação!…”.

A reportagem deixou claro que o fato decorreu de um serviço mal feito pela Cagepa quando da recomposição daquela via, depois de executar um conserto pertinente às suas atividades.

E com isto causou prejuízos não só à empresa proprietária do ônibus, que precisou rebocá-lo e consertá-lo. O prejuízo maior é para os passageiros que tiveram de esperar o ônibus subsequente e certamente chegaram atrasados para com seus compromissos.

Nisto tudo, porém, o mais lastimável é a falta de integração entre as instituições governamentais, especialmente se de esferas diferentes. Ora! Como a Semob-JP é a responsável pela mobilidade urbana em João Pessoa, tudo quanto ocorra nas vias da cidade, seja por ações da Cagepa ou da própria Seinfra-JP, esse órgão (Semob-JP) precisa estar inteirado e acompanhando, inclusive pra dar seu selo de concordância/validação relativamente aos serviços executados.

Nesta Paraíba fala-se tanto em republicanismo!… Na prática, porém, cada órgão só quer olhar pro seu próprio umbigo. Integração institucional… integração governamental… nota “zero”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.