Estão abertas as inscrições para o prêmio “Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros”

por:

Postagens MISC/VariadasPremiações

Por ANTP
Imagens JC Barboza 

O Prêmio ANTP – ABRATI “Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros” é um evento promovido pela ANTP – Associação Nacional de Transportes Públicos com o apoio da ABRATI – Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros, para dar visibilidade e reconhecimento aos esforços destinados à promoção do transporte de passageiros rodoviário de média e longa distancia.

O Prêmio “Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros” tem caráter institucional e de reconhecimento público, com abrangência nacional.

Esse Prêmio foi criado em 2011 e encontra-se em sua oitava edição.

IMG_3738

Categoria Única – Anualmente a ABRATI em conjunto com a ANTP escolhe um tema que será apresentado aos associados da ABRATI para que apresentem seus trabalhos. Desta forma, o Prêmio contará com apenas uma categoria.

Premiação – Haverá apenas um vencedor que receberá troféu, selo de referência e certificado. Os juízes concederão menção honrosa à outra empresa desde que julguem o trabalho apresentado como merecedor de reconhecimento público.

Referencial de Excelência – As empresas que já foram vencedoras em mais de dois ciclos concorrem ao Prêmio como Referencial de Excelência, desde que a pontuação seja mantida na média dos anos anteriores.

As empresas premiadas ficarão conhecendo sua classificação e premiação somente na solenidade do Prêmio ANTP / ABRATI.

Os relatórios da empresa vencedora, menção honrosa e referencial de excelência serão disponibilizados no site da ANTP e serão apresentadas na revista da ABRATI.

Como participar

As empresas filiadas a ABRATI poderão encaminhar seus relatórios pelo site da ANTP a partir de 03/setembro/2018 até o dia 28/setembro/2018.

Será necessário preencher o formulário de inscrição com os dados cadastrais da  empresa, seus dirigentes, o responsável pela entrega do trabalho e anexar o relatório descritivo apresentando a Boa Prática.

Cada organização poderá inscrever apenas uma Boa Prática.

A Categoria

SATISFAÇÃO DO CLIENTE (O PASSAGEIRO)

A satisfação do cliente é o melhor caminho para se atingir o sucesso da empresa. Os clientes buscam bons serviços e atendimento que os satisfaçam. A satisfação como processo contínuo e permanente gera resultados positivos. Os clientes sempre procuram informações sobre o serviço e muitos anseiam se manifestar com sugestões e contribuições que visem o seu bem estar. Também com colocações e reclamações que mostram às vezes, o que não se vê, sem estar no contato direto com o dia a dia da prestação do serviço.

A “boa prática” pode ser originária de uma pesquisa de opinião, de uma sugestão interna ou externa, de benchmarking, e de um processo de gestão de melhoria contínua. Pode ter envolvido atividades técnicas, de concepção, de desenvolvimento, de gestão e que resultou na melhoria dos processos. Também pode ser uma ação cujo diferencial resultou em fazer mais com menos recursos, por permitir ganhos de eficiência em processos produtivos, administrativos ou financeiros, que gerou aumento de competitividade, mas principalmente a satisfação do cliente.

A “boa prática” pode estar presente em soluções simples ou complexas, sistêmicas ou não, advindas de simples observações ou complexas análises.

Segundo Godri (1994) “Propaganda é apenas 1% do processo de Marketing, o contato do dia-a-dia é o que realmente importa”. Dessa forma, os clientes devem ser identificados, compreendidos e trabalhados, buscando a satisfação e a fidelização como instrumentos de fortalecimento no mercado.

É importante que as empresas ofereçam um atendimento de qualidade, com o objetivo de satisfazer seus clientes e atrair mercado. A qualidade no atendimento é a principal fonte de satisfação do cliente e, cabe à organização trabalhar para que esta satisfação seja alcançada. Para isso, é importante entender o comportamento dos seus clientes.

Com a grande concorrência na oferta de outros modais e os preços acirrados, uma empresa pode oferecer qualidade, tempo e atendimento como diferenciais competitivos. A união destes fatores reflete-se em posicionamento de mercado e faz com que a empresa consiga identificar os níveis de percepção e elaborar estratégias de captação e fidelização de clientes.

A “boa prática” pode fazer parte dessa estratégia de captação e fidelização, podendo estar: na qualificação das equipes para que tenham conhecimento da sua atividade, de modo que possam satisfazer de forma rápida e eficaz as dúvidas dos clientes; nas instalações disponibilizadas para espera de embarque, parada e desembarque; nas facilidades de compra e emissão dos bilhetes de passagem; no conforto e comodidade a bordo dos veículos; nos horários, itinerários e tempos de viagem disponibilizados; e em cada detalhe da prestação do serviço.

O Conteúdo do Relatório de Boas Práticas

Deverá ter a descrição de uma única prática que deverá ser descrita em uma sequencia com o encadeamento de ideias de acordo com os itens apresentados pela ANTP, considerando os seguintes aspectos:

· Descrição do contexto da experiência – objetivos, metas projetadas, público alvo;

. Relato da experiência – concepção, etapas ou atividades envolvidas, recursos tecnológicos, de planejamento e gestão utilizados; proposta de divulgação – recursos de mídia e de promoção;

· Envolvimento da empresa e de parceiros – identificação dos segmentos da(s) empresa(s) envolvida(s), impacto sobre as práticas da(s) empresa(s);

· Avaliação da experiência – resultados obtidos, indicativos do grau de satisfação do público alvo, dos participantes e da comunidade; indicativo do grau de satisfação dos acionistas e impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado.

A ANTP disponibiliza uma cartilha para download contendo a sequencia dos itens conforme citados acima, a fim de facilitar a elaboração do relatório descritivo da Boa Prática e o julgamento por parte dos juízes.

O julgamento e premiação

As Boas Práticas inscritas serão submetidas a uma Banca de Juízes composta por especialistas de transporte público e por profissionais com experiência nas áreas de marketing e comunicação.

IMG_3590

Haverá apenas um vencedor que receberá troféu, selo de referência e certificado. Os juízes concederão menção honrosa à outra empresa desde que julguem o trabalho apresentado, como merecedor de reconhecimento público. As empresas que já foram vencedoras em mais de dois ciclos concorrem ao Prêmio como Referencial de Excelência.

Conforme citado, as empresas premiadas ficarão conhecendo sua classificação e premiação somente na solenidade do Prêmio ANTP / ABRATI, a ser realizada em dezembro de 2018, em Brasília/DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.