Ônibus Paraibanos

Transporte público de Campina Grande perde mais de 1,5 milhão de passageiros em 2018, diz STTP

Por G1 Paraíba
Imagem Felipe Valentim

O transporte público de Campina Grande perdeu cerca de 1,5 milhão de passageiros entre os meses de janeiro e junho de 2018, de acordo com dados da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP). A redução representa a perda de 11% de usuários comparando os primeiros semestres dos anos de 2017 e 2018.

Entre janeiro e junho do ano passado mais de 14 milhões de pessoas usaram o transporte coletivo da cidade. Este ano o número caiu para cerca de 12 milhões. O prejuízo para as empresas de ônibus chega a cerca de R$ 4,9 milhões só no primeiro semestre deste ano.

O gerente de transportes da Superintendência de Trânsito de Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), Henrique Castro, pontua algumas situações para que algumas pessoas tenham deixado de utilizar o transporte público da cidade. “A gente identifica vários motivos para que isso aconteça. O aumento no número de mototaxistas, além do surgimento de transportes clandestinos e por aplicativo”, apontou.

Henrique disse também que outro fator que contribui para esse cenário é a estrutura que os bairros oferecem para os moradores. Várias atividades podem ser feitas perto de casa, como ir à farmácia, a caixas eletrônicos e supermercados.

Ainda segundo ele, muitas pessoas passaram a se deslocar a pé por causa do desemprego. Henrique contou também que a STTP faz estudos para evitar que as empresas de ônibus tenham prejuízos, já que a redução frequente no número de usuários pode fazer com que as organizações entrem em falência.

A estudante Silvana Pereira, de 34 anos, vai para a universidade todos os dias de ônibus. Para ela, usar o coletivo não compensa. “O custo é alto e as condições são precárias”, destaca a jovem que ainda aponta a insegurança a que está exposta nos veículos.

Transporte coletivo de Campina Grande é o melhor do Brasil, aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada pela instituição internacional Expert Market, divulgado em julho deste ano, avaliou os 74 principais centros de transporte de 16 países. Campina Grande ficou em 29° lugar na posição geral do estudo, que tinha como objetivo avaliar a mobilidade de cidades do mundo inteiro.

Segundo o estudo, a população da cidade passa, em média, 1 hora no veículo e 24 minutos aguardando o coletivo. Os pontos analisados pela pesquisa foram tempo de espera e de viagem, distância total do percurso e o custo mensal do transporte relacionado ao salário médio da população.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.