A Andorinha e seu voo de 70 anos

Por Juntos a Bordo
Imagens JC Barboza

IMG_1808

Na Empresa de Transportes Andorinha, de Presidente Prudente-SP, é costume dizer que sua trajetória na atividade de transportar passageiros tem como base a tradição, a confiança e a evolução. E, de fato, já são 70 anos de experiência acumulada e de presença contínua nas estradas de todo o País.

A companhia tem rotas nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Goiás, Distrito Federal e Rio de Janeiro. E também uma linha internacional para a cidade de Puerto Suárez, na Bolívia. Para garantir que todos os ônibus continuem atendendo com eficiência cada uma dessas rotas, ela investe na coordenação logística entre todos os setores. O acompanhamento da frota, sempre em tempo real, é feito por meio de GPS. São mais de 500 modernos veículos, todos equipados com Wi-Fi, GPS, monitores e tomadas USB.

A Andorinha também busca proporcionar todas as facilidades e total praticidade para os passageiros. As compras de passagens, por exemplo, podem ser feitas não só nos guichês das rodoviárias, mas pelo site e nas Salas VIP. O SAC, Serviço de Atendimento ao Cliente, está à disposição nas 24 horas do dia.

Entre as maiores

A Empresa de Transportes Andorinha é uma das operadoras de transporte rodoviário de passageiros mais tradicionais do Estado de São Paulo e do Brasil. Foi fundada em 1948 e atuou inicialmente como empresa de âmbito regional. Mais tarde, e gradualmente, estendeu suas linhas para outros estados. Já na década de 1970, passou a figurar na relação das dez maiores transportadoras rodoviárias de passageiros do País.

Atualmente, as linhas da Andorinha alcançam estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia. A empresa também chega a Puerto Suarez, Bolívia, a partir da cidade do Rio de Janeiro, em linha com quase 2.000 quilômetros de extensão.

Meio ambiente

As preocupações de ordem ambiental levam a companhia a manter em suas linhas exclusivamente carros que não apresentem ruídos excessivos. Eles são equipados com poltronas ergonomicamente corretas. O ar condicionado é do tipo ecológico. Os motores são mantidos bem regulados, para baixas emissões de gases poluentes. O diesel utilizado é sempre o S50.

Segurança

IMG_1812

Outro cuidado é a preparação e reciclagem dos motoristas, que passam por cursos de direção e aperfeiçoamento, inclusive aqueles ministrados por técnicos patrocinados pelas montadoras e encarroçadoras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa