Pontos que vendiam passagens irregulares do DF para Norte e Nordeste são fechados

De G1 Distrito Federal
Imagens Divulgação ANTT

whatsapp-image-2018-02-22-at-11.41.55

Três pontos clandestinos de venda de passagens interestaduais foram fechados na manhã desta quinta-feira (22) em Ceilândia, no Distrito Federal. Ônibus em “péssimas condições de manutenção” saíam desses locais para as regiões Norte e Nordeste do Brasil, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A operação foi conduzida por oito agentes da ANTT e uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que maperam pontos no DF e no Entorno que alimentavam o uso desse tipo de veículo. Ninguém foi preso.

Na QNM 25, por exemplo, foram interditadas duas empresas que faziam a venda de passagens e o transporte irregular – Delta Sul Turismo e Litoral Turismo e Mudança. No local, foram recolhidos bilhetes de passagens e comprovantes de embarque e de controle de bagagem.

Para o coordenador de fiscalização da ANTT, Josiel Júnior, esse é um trabalho continuo e que precisa da denúncia da população.

whatsapp-image-2018-02-22-at-11.48.37

“Essa operação é importante para desmembrar os diversos pontos de venda que alimentam o transporte clandestino no Distrito Federal. Ela é uma operação rotineira e permanente que precisa também de denúncias”, comentou.

A população pode denunciar na ouvidoria da ATT por meio de ligações gratuitas para o número 166 ou pelo e-mail [email protected].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.