Ônibus Paraibanos

Irregular, transporte alternativo ocorre em JP

De Mais PB
Imagem Divuldação

WhatsApp-Image-2017-12-16-at-12.31.03-1

Os transportes alternativos são realidade presente no cenário da cidade de João Pessoa. Alguns exemplos de locais com pontos destes veículos são o Centro da cidade, próximo ao Shopping Tambiá, no Varadouro, Shopping Sul. Nestes lugares, há uma aglomeração de pessoas à espera, formando longas filas.

O superintendente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), Carlos Batinga atribui o problema a “insistência do brasileiro em praticar irregularidades”.

“A Semob tem feito regularmente algumas operações conjuntas junto com a Polícia. É um problema grande. Essas ações tem que ser conjuntas com a polícia, pois esta é quem faz a abordagem”, informou o superintendente.

Ao declarar que tem consciência deste problema ,Carlos Batinga acrescenta que estas operações de rotina são realizadas duas vezes por semana, em vários locais da cidade. Ele explica que as notificações de irregularidades podem ser feitas tanto ao Semob quanto a BPTran.

Além disso, ele afirma que a maior parte dos transportes alternativos espalhados por João Pessoa tem como destino cidades da região metropolitana. Os urbanos voltados a bairros como Valentina, Bairro das Indústrias, Nova Mangabeira, etc, estão em menor quantidade.

Ainda estão em andamento as decisões acerca do chamado “transporte complementar” do Estado, nome dado aos alternativos durante as sessões da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

No dia 22 de janeiro de 2018, ocorrerá a primeira reunião do ano com novas decisões sobre as linhas, os tipos de veículos, dentre outros aspectos. Contudo, o tema das reuniões não inclui o transporte alternativo urbano.

4 comentários em “Irregular, transporte alternativo ocorre em JP”

  1. Sinceramente, se for para acabar com os alternativos (muitos vivem disso aqui em Nova Mangabeira), então que se melhore o transporte nestes bairros! Aqui, temos os alternativos que vão até as imediações do Trevo, cobrando o preço da passagem (alguns ainda cobram 3 reais. E repetindo, alguns deles VIVEM disso, nós moradores reconhecemos isso! Então, se a SEMOB acha que acabar com eles é o melhor para os usuários (interessante, que esse é sempre o argumento dela quando vai fazer qualquer coisa) então, que aumente a frota para reduzir o tempo de espera e renovar ela para que se possa utilizar um transporte digno! Todo ano temos renovações de frota… Mas de que adianta se os bairros mais afastados, às vezes não recebem carros novos, por serem geralmente operadas pela São Jorge, que só vem adquirindo carros usados?

  2. Aqui em nova mangabeira os ônibus demora muitíssimo! Pra o mangabeira shopping dependemos só de alternativo! Porque não se resolve esse problema tão simples ??????

  3. Já está provado por vários estudos do PBtran e DER, que o Transporte Complementar(Alternativos), resolve o problema de mobilidade Urbana tanto Metropolitana quanto Intermunicipal. Falta só ORGANIZAR e colocar em prática o que
    foi decidido pelos Srs. Deputados Estaduais, em Plenário, Projeto do nosso Governador Ricardo Coutinho, com algumas Alterações eleboradas agora no presente de acordo com as Reuniões que estão sendo realizadas. Tenho a convicção que está muito próximo de encerrar essa novela que vem se estendendo por vários anos e que a palara ” Acabar com os Alternativos ” já não é pauta de discussão. Hoje é como colocar em prática essa realidade, onde tem 98% de APROVAÇÃO pelos usuários.

    Marx Castro ( Motorista Alternativo Intermunicipal…João Pessoa/Cabedêlo

  4. Estou Afirmando que a Categoria tem certeza que foram feitos vários ESTUDOS pelos Orgãos competententes, embora eles não admitem, que a População da Paraiba precisa continuar optando pelo Transporte Complementar com o direito de IR e VIR dignamente e confortavelmente em tempo hábil em seu deslocamento.

    Marx Castro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.