O 2017 do sistema pessoense – Parte 2

De Ônibus Paraibanos
Por Josivandro Avelar
Imagens Acervo Paraíba Bus Team

zz

Seguimos contando os fatos do transporte pessoense, que de tão movimentado precisou de uma segunda matéria.

Agora, dedicamos espaço para contar o 2017 das demais empresas do sistema pessoense.

Consórcio Navegantes: implantação de padrão em tempo recorde

02024-2

A organização das empresas por consórcios começou em junho de 2011, quando as seis empresas do sistema pessoense se organizaram nos consórcios Unitrans (Transnacional e Reunidas) e Navegantes (São Jorge, Marcos da Silva, Mandacaruense e Santa Maria).

A Unitrans apresentou o seu padrão de cara, em 2011, mas até hoje ele não está completamente implantado na frota, que mescla duas pinturas do consórcio com as três listras ainda vistas em vários carros. Já a Navegantes só apresentou seu padrão em 2016, porém conseguiu uma proeza: a de implantar a nova pintura em todos os seus carros. O serviço foi concluído agora, no final do ano. Em se considerando o tempo da implantação dos consórcios até a apresentação do padrão, e daí até sua implantação completa, pode-se dizer que o serviço foi feito em tempo recorde.

A Santa Maria foi a primeira a concluir, seguida da Marcos da Silva, da São Jorge, até a Mandacaruense. O último ônibus a receber o padrão deve ser o carro 04041, um Comil Svelto.

São Jorge: aproveitando tudo o que puder

A São Jorge não adquiriu nenhum ônibus zero quilômetro em 2017, porém reaproveitou uma grande quantidade de ônibus oriundos do fretamento. Assim como no ano anterior, vários ônibus do fretamento que estavam dentro da idade média para operar em João Pessoa foram sendo incorporados à frota municipal.

E entre esses incorporados, estavam carros de 2013 do modelo Svelto Midi da Comil. Pelo menos 10 unidades foram aproveitadas pela São Jorge na frota municipal, no que gerou a estreia não apenas do próprio modelo, mas do chassi OF-1519 Bluetec5 no sistema pessoense.

Unitrans e Santa Maria: as novidades zero quilômetro

Mais uma vez, Transnacional, Reunidas e Santa Maria foram as únicas empresas do sistema pessoense a adquirirem ônibus zero quilômetro. Vieram cerca de 30 unidades, todas como esperado: Torinos OF-1721 Bluetec5. O detalhe é que essas unidades substituíam outras de 2013, que foram remanejadas para as empresas do grupo em Natal.

A Transnacional distribuiu suas unidades em 4 linhas: 303-Mangabeira/Pedro II, 3510 e 5310-Bancários e 2514-Mangabeira/Cristo-Epitácio. As três primeiras tiveram suas frotas integralmente renovadas com os novos ônibus, enquanto a 2514 recebeu apenas uma única unidade, de prefixo 07199.

Já a Reunidas renovou a íntegra das frotas das linhas 600-Bessa e 2515/5210-Mangabeira, fazendo com que toda a frota da Reunidas que circula no corredor da 2 de Fevereiro fosse renovada de uma vez pela primeira vez em sua história.

Já a Santa Maria renovou integralmente a linha 109-Rua do Rio, levando sua frota mais “antiga” – na realidade, saíam da 109 carros de 2014 e 2016 – para as linhas 105-Cidade e 116-Colinas do Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Montagens de modelos com o layout da Gontijo Um clássico com as cores do Flamengo São Paulo X Teresópolis com a Viação Águia Branca Dream Bus da Itapemirim em SP e Curitiba O ônibus da capa de Girl From Rio O último Citmax do sistema de Natal Apache Vip da FAOL no “Diretão” do BRT Rio O último Ciferal Líder do intermunicipal paraibano Ideale da Solazer Viaggio da Expresso Recreio