STTP avalia mudanças no pagamento da passagem em ônibus a noite em Campina Grande

De Paraíba on line
Imagem JC Barboza

IMG_4604

O superintendente da STTP, Félix Neto, falou em entrevista nesta quinta-feira, 07, sobre as mudanças que ocorrerão no pagamento da passagem de ônibus em Campina Grande. a partir de 1º de janeiro de 2018, não será mais aceito pagamento em dinheiro nos transportes coletivos da cidade.

Félix explicou que a mudança será gerada por dois fatores: por um lado há uma ação do Ministério Público do Trabalho que proíbe o motorista de ônibus de passar troco e realizar trabalho de cobrador; por outro, a questão da segurança pública e dos dados policiais diante dos assaltos a ônibus, que têm sido alarmantes.

– O ônibus em Campina Grande tem sido constantemente assaltado. A partir dos registros da Polícia, fizemos um levantamento, notamos e observamos que o ônibus na cidade é assaltado de forma mais constante a partir das 18h e até o término das rotas é o momento onde acontecem 60% dos assaltos em Campina Grande. O objeto de desejo não é bolsa nem celular, é dinheiro”, explicou Félix, dizendo que a STTP está aberta a diálogos e opiniões sobre como lidar com essa questão do MP e também dos assaltos.

O superintendente afirmou que as próprias empresas de ônibus estão cada vez mais atualizadas e acompanhando os processos da STTP.

Mas, segundo o mesmo, o que condiz com a responsabilidade das empresas quanto a isso, cabe também ao aumento de custos com melhorias vindas delas e a cidade não está aberta a nenhum aumento de tarifas.

A partir das duas situações mencionadas anteriormente, o Conselho Municipal de Transporte Público ofereceu um projeto piloto de fazer a retirada da aceitação de dinheiro como passagem a partir das 20h.

Caso o passageiro não tenha cartão, ele será encaminhado no ônibus para o terminal de Integração onde acontecerá a facilitação para que todos possuam o cartão de passagem.

Sobre a discussão da OAB a respeito do assunto, onde o órgão questiona a aceitação da moeda, Félix disse que haverá a aceitação de dinheiro, só que desta vez será mediada pelos facilitadores que promoverão a acessibilidade aos cartões de passagem.

A medida ainda não foi colocada em prática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa