A presença do Caio Giro na frota do Grupo Gontijo

De Viaje Gontijo
Imagem Divulgação

Giro GTJ

Em 2005 o Grupo Gontijo abriu oficialmente as portas para a encarroçadora Caio Induscar. O carro 6753 foi cedido pela Mercedes-Benz para testes na Cia. São Geraldo em meados de 2002. Com a carroceria Caio Giro 3600 ele foi considerado o 3° Mercedes-Benz O-500RSD fabricado no Brasil. Apesar dos teste iniciados em 2002 ele só foi adquirido e efetivado na frota em 2005, já na administração da Gontijo.

A Gontijo se manteve fiel a marca Busscar por mais de 15 anos, porem, em meados de 2007, a encarroçadora entrou em crise e não dava conta de entregar os inúmeros pedidos feitos pelos seus fiéis clientes.

Nessa época a Gontijo foi forçada a buscar alternativas de renovar sua frota mantendo a rapidez, sem reduzir a quantidade de carros no lote. A opção foi abrir as portas para a Marcopolo e Caio Induscar. Abílio Gontijo Junior (diretor superintendente) fechou a compra de 10 unidades do modelo Caio Giro 3600, dessa vez sobre o tradicional chassi Scania K420. O lote foi adquirido inicialmente para ingressar a frota da Gontijo, porém, durante a fabricação houve uma mudança nos planos e todos os carros foram encaminhados para a São Geraldo (série 105xx). Hoje todos os 10 carros fazem parte da frota da Viação Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.