Empresas e motoristas não fecham acordo e ameaça de greve continua

De Mais PB
Imagem Gilberto da Costa Júnior

301 PF

Terminou sem acordo a reunião entre o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiro e o Sindicato dos Motoristas de João Pessoa e não está descartada a possibilidade de greve na segunda-feira (10).

Entretanto, às 16h deste sábado (8) a categoria dos motoristas devem se reunir na sede do sindicato para deliberar sobre as propostas apresentadas pela classe patronal nesta sexta-feira (7) na reunião que aconteceu na Delegacia Regional do Trabalho, no Centro da Capital paraibana.

O sindicato patronal  apresentou uma proposta de 6% de reajuste.  Com essa proposta a remuneração do motorista atingirá um patamar de R$ 2.586,00 sendo a segunda maior entre as capitais do Nordeste, ficando atrás apenas de Salvador (BA).

Além disso, nessa reunião também foi tratada a mudança da data base de categoria que passaria a ser dia 1º de janeiro, já a partir de 2018.

Em entrevista ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan FM, o diretor institucional do Sintur, Isaac Júnior,  comentou a reunião e apelou para o “bom senso” dos motoristas. De acordo com Isaac Júnior, as empresas apresentaram o que foi possível para atender os pleitos da categoria.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.