Semas lança campanha em abrigos de ônibus e placas em Campina Grande

De Codecom/CG
Imagem Codecom/CG

esma2

A Secretaria de Assistência Social (Semas) através de toda sua rede de serviço, encontra-se engajada na campanha intitulada “Não Doe Esmola: A esmola tira a criança da escola”.

Essa campanha consiste em abordagens de crianças e adolescentes em situação de mendicância, que ficam geralmente em semáforos e locais específicos da cidade ou usando da prática do trabalho ilegal ou pedindo esmolas a motoristas e pedestres dessas localidades, impedindo assim que essas crianças e adolescentes estejam na escola.

Para a conscientização da população em geral a Semas através de uma parceria com o Conselho de Direitos, implantou materiais informativos sobre a campanha “Não Doe Esmola” em abrigos e placas espalhadas pela cidade, fortalecendo assim a informação sobre os malefícios que a doação de esmolas pode causar na vida desses pedintes, e alertando que existem outras formas de tratar e lidar com esses usuários, sem que os façam acostumar a essa situação de mendicância, os tirando assim da escola ou de serviços que podem ajudar no desenvolvimento psíquico e social desses jovens.

As ações que já acontecem nos sinais da cidade é resultado de uma articulação em rede, através dos serviços e programas que compõe a Secretaria de Assistência Social, juntamente com as secretarias de educação e saúde.

Um dos programas que tem forte atuação neste sentido é o Ruanda, que faz atividades de abordagem e conscientização através dos seus agentes e uma Van totalmente equipada, capaz de oferecer apoio para atividades pedagógicas bem como atendimentos diversos nos locais de ação.

Após essas abordagens as crianças identificadas nessa situação são cadastradas a fim de controle por parte da Semas, e são assim encaminhadas para os serviços necessários para o desenvolvimento e recuperação das situações identificadas nas ações.

Também, dependendo de cada situação específica são encaminhados para serviços de outras secretarias, fazendo dessa ação em rede, na busca de melhores resultados.

Para a gerente da Criança e Adolescente, Uélma Nascimento essa campanha e os informativos espalhados em abrigos de ônibus e placas na cidade são de suma importância para a conscientização da população quanto aos malefícios da prática da doação de esmolas.

“É muito importante pois a população precisa saber, que quando doa esmolas para crianças e adolescentes, elas estão alimentando essa prática, fazendo com que eles permaneçam nessa situação, os tirando de atividades de desenvolvimento e principalmente da escola”, destacou Uélma.

1 comentário em “Semas lança campanha em abrigos de ônibus e placas em Campina Grande”

  1. Fernando de Souza

    É muito comodo pra uma pessoa que fica no ar condicionado, se esbaldando no dinheiro público começar essa campanha. Pedir esmola não é ciência exata…Nem todos os casos tiram a criança da escola. Eu quero ver se a prefeitura desse lugar ai, vai ter tanta energia e dinheiro, pra ir de casa em casa amparando essas famílias, ao ponto de não terem que pedir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança