Ônibus Paraibanos

Delimitação de transportes alternativos volta a ser discutida na Câmara de Vereadores em Patos

De Mais Patos
Imagem Divulgação

Mais uma vez a problemática envolvendo os profissionais de transporte alternativo é destaque durante a Sessão deste dia 11 de abril na Câmara de Vereadores de Patos.

Uma proposta apresentada pelo Conselho Gestor de Transportes Público que regulamenta e delimita o transporte alternativo na Paraíba tem gerado debate na mídia e na política paraibana.

Durante pronunciamento na tribuna, o vereador Ferré Maxixe conclamou a sociedade para participar de um abaixo-assinado juntamente com os profissionais de Patos, que segundo o parlamentar,  já conta com milhares de assinaturas: “Todos eles [os alternativos] estão preocupados em deixar de prestar esse serviço, a gente sabe que é de grande importância pra nossa cidade. Vamos lutar para que esse abaixo-assinado chegue às mãos do governador para que a gente possa reverter essa situação”, disse.

O presidente da Câmara, vereador Sales Júnior, pretende montar um comissão de vereadores a fim de debater o tema juntamente com a classe e marcar uma reunião com o governador Ricardo Coutinho e o presidente da Câmara dos deputados Gervásio Maia. O intuito é sensibilizar as altoridades em prol dos profissionais de transportes alternativos.

Além da delimitação de circulação dos veículos, que não poderão se deslocar de cidades polo a polo, que são, Cajazeiras, Patos, Campina Grande, Guarabira e João Pessoa, veículos de pequeno porte não poderão mais trabalhar como transportes alternativos. Dessa maneira, veículos que transportam acima de nove pessoas só poderão levar passageiros de Patos a Soledade, por exemplo. Veículos que transportam menos de nove passageiros só poderão circular como taxi dentro do município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.