Quinze ônibus de Feira de Santana são recolhidos pela Justiça

De Correio 24 horas
Imagem Reprodução/TV Subaé

Em Feira de Santana, no Centro-Norte do estado, 15 ônibus da empresa Rosa, uma das concessionárias do transporte urbano do município, foram recolhidos pela Justiça no sábado (4), da garagem da companhia. O episódio vem depois de uma situação que começou ainda no final de janeiro, quando a Justiça determinou a entrega dos veículos para quitar o pagamento de uma dívida da empresa. 

O débito é referente a um financiamento realizado em 2012 – a empresa precisaria entregar 51 ônibus. Já no início de fevereiro, quando os veículos eram alvo de uma ação de busca e apreensão, a Polícia Militar localizou 36 coletivos escondidos em uma fazenda a 12 quilômetros de Feira de Santana. Faltavam justamente os 15 recolhidos no sábado.

Apesar de não ter mais os veículos na frota, o secretário municipal de Transporte e Trânsito de Feira de Santana, Pedro Boaventura, garante que não houve impacto no serviço. “A situação está sob controle. As ordens de serviço estão sendo cumpridas e, em caso de necessidade, utiliza-se a frota reserva da Via Feira, que congrega a frota da Rosa e da São João”, afirmou, citando, também, a outra concessionária do serviço de transporte público da cidade.

De acordo com Boaventura, nenhum outro ônibus será entregue. “Já havia a expectativa desses saírem, tanto que eles estavam na garagem. Como tem a frota reserva, não prejudica a população”, diz. Ele ainda diz que a empresa já adquiriu 40 novos ônibus, em substituição aos 36 que foram recolhidos.

Em 2012, o pagamento do empréstimo foi dividido em 56 parcelas – dessas, 50 foram quitadas até dezembro do ano passado, quando a empresa passou a ter dificuldades financeiras. Hoje, a Rosa é responsável por cerca de 50 linhas, com frota total de 137 ônibus, incluindo a frota reserva (pelo contrato, de 5% a 10% do total). Enquanto a Rosa atende a parte norte da cidade, a empresa São João atende a parte sul.

“Toda semana, tem chegado de cinco a oito ônibus novos. Inclusive, eles (donos da empresa Rosa) estão tentando acordo. Se conseguirem, os ônibus levados também voltam”, afirmou o secretário. Representantes da empresa Rosa e do Sindicato dos Rodoviários da cidade não foram localizados para comentar o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança