Por um ambiente mais limpo em Santiago

De Revista Auto Bus
Imagem Divulgação

scainia-euro-vi-6x4-cms-8207

Com o objetivo de compreender o desenvolvimento das cidades, com serviços de transportes ambientalmente amigáveis, a montadora Scania foca seu negócio em dispor de soluções que contribuem com a sustentabilidade ambiental e nos negócios de seus clientes. Para isso, já pensando na futura licitação do transporte coletivo de Santiago, Chile, ela irá apostar na tecnologia dos motores a diesel Euro 6. Sebastián Figueroa, diretor-geral da Scania Commercial Operations Chile, disse que a premissa da fabricante é ser líder e pioneira em soluções de transporte sustentável, assegurando rentabilidade e redução dos impactos negativos ao meio ambiente. “Nossa experiência no sistema Transantiago é de mais de quatro anos. Somos os responsáveis pela manutenção dos veículos, atingindo um nível de 98% de disponibilidade dos mesmos nas operações diárias”, assegurou ele.

Figueroa ainda destacou que a Scania já está preparada para atender o mercado quanto a nova tecnologia que reduz em muitos as emissões poluentes. O diretor ainda destacou que 80% da frota de ônibus urbanos de Santiago está equipada com propulsores Euro 3 e com a chegada da Euro 6, o impacto positivo na qualidade do ar da capital chilena será bem expressivo. “Os motores Euro 6 emitem 97% menos material particulado que os modelos Euro 2”, sintetizou.

A marca sueca irá trazer quatro chassis equipados com os mais modernos motores a diesel para as avaliações (eficiência, consumo, emissões, custos operacionais) em Santiago. “Temos um serviço de alto nível, com tecnologia de conectividade que nos auxilia no monitoramento de cada veículo no período de avaliações. A realidade do Transantiago é muito diferente do que ocorre em outras cidades europeias, por isso precisamos ter várias informações para que as operações possam ter desempenho”, observou.

No tocante a produção dos mesmos, Figueroa comentou que eles serão produzidos na planta brasileira da Scania, o que tornará o negócio mais competitivo. “A viabilidade econômica de nossos produtos Euro 6 em outros mercados tem demonstrado resultados excelentes. Além disso, concentraremos nossos esforços em promover a qualificação técnica do setor de manutenção de nossos clientes para que haja um melhor preparo dos profissionais em relação à nova tecnologia”, disse o executivo.

A Scania tem em seu portfólio de chassis uma completa gama de tecnologias alternativas que visam um transporte público urbano mais limpo, como as versões a gás natural, biometano, biodiesel, trólebus e híbrida. A filosofia da montadora é compreender as necessidades dos operadores e das cidades que buscam uma matriz energética diferenciada, oferecendo para isso as melhores soluções amigáveis com o meio ambiente e viáveis economicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança