Empresa que teve ônibus 'desaparecidos' normaliza serviço em Feira de Santana

De a Tarde
Imagem Reprodução/TV Subaé

4

A circulação dos ônibus de transporte urbano da empresa Rosa foi normalizada nesta quinta-feira, 2, em Feira de Santana, 109 km de Salvador, com o retorno da circulação dos 51 veículos fabricados pela Mercedes Benz, que desapareceram do pátio da empresa no dia 28 de janeiro.

De acordo com o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Pedro Boaventura, uma frota reserva da outra empresa que presta o serviço na cidade foi utilizada, minimizando prejuízos à população que se utiliza destes coletivos para se deslocar na cidade.

Boaventura destacou que a secretaria tem contrato da prestação de serviço e emitiu notificações sobre a falta dos veículos da empresa Rosa a partir do sábado, 28, bem como no domingo e segunda-feira. “Hoje (quinta) notificamos também sobre a repercussão negativa do fato, prejudicando a imagem do município”.

Ele explicou que a empresa tem um prazo para se defender e que depois todo material será avaliado pela Procuradoria do Município, que vai indicar as medidas a serem adotadas pertinentes ao caso. Também disse que a operação é um assunto interno da empresa, que o município aguarda que tudo se normalize.

Os 51 veículos que desapareceram do pátio da empresa Rosa, fazem parte de uma ação movida na justiça pelo Banco da Mercedes Benz, na tentativa de receber pagamentos atrasados de parcelas referentes à sua aquisição, o que resultou em uma ordem judicial de retomada dos veículos através de uma decisão da 29ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo (SP).

No entanto, na segunda-feira pela manhã o oficial de justiça autorizado para executar a ordem, encontrou o pátio vazio e nenhum responsável para prestar esclarecimentos. Ainda na noite de segunda-feira, Policiais Militares, através de denúncias anônimas, localizaram 35 destes veículos em uma propriedade rural no município de Serrinha.

Os outros 16 ônibus foram localizados na manhã de ontem, em diferentes lugares da cidade. Entretanto, até ontem à tarde nenhum deles retornou ao lugar de onde foram retirados no sábado, ficando na antiga garagem da empresa

A empresa de ônibus pertence ao Grupo Rosa, criado em 1926 com sede no Estado de São Paulo, atua em cinco estados do Brasil. Com a empresa Auto Ônibus São João Ltda, também de São Paulo, venceu a licitação para prestar o serviço de transporte público em Feira de Santana no ano de 2015. Com 248 veículos rotativos, a frota operacional da cidade é distribuída em 103 linhas das duas empresas.

Em nota à imprensa, o Banco Mercedes-Benz esclareceu que obteve autorização da Justiça para a retomada de 51 veículos da empresa de ônibus Rosa de Feira de Santana, como medida “decorrente de processo judicial por conta de dívidas não pagas pela empresa”.

Ainda conforme a nota o Banco Mercedes-Benz reforça que todas as medidas em andamento estão em consonância com a Legislação e de acordo com o devido processo legal”. Já o Grupo Rosa, embora procurado pela reportagem do A Tarde, não se manifestou sobre o assunto até o fechamento da matéria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança