Candidatos ao programa Jovem Aprendiz da Unitrans fazem testes de seleção

Fonte: News Comunicação
Fotos: JC Barboza / Divulgação

IMG_2976

Os testes de seleção dos candidatos que estão pleiteando uma das vagas do programa Jovem Aprendiz, oferecidas pela empresa de ônibus Unitrans, acontecem até a próxima segunda-feira (15). Os jovens, com idades que variam entre 18 e 22 anos, que se interessarem em participar do processo seletivo ainda podem participar desta primeira etapa. Basta levar o curriculum e se apresentar ao Departamento de Recursos Humanos da empresa, em Água Fria, pela manhã ou à tarde. Nesta primeira etapa, os candidatos fazem testes de redação, além de identificação de perfil. Numa etapa posterior, há uma entrevista individual e o último passo é a entrevista com o gestor da área. O resultado da seleção será divulgado no final do mês.

A psicóloga Socorro Aragão, que coordena o processo seletivo, destaca que as vagas  para esse recrutamento são para várias áreas. “Temos vagas para várias funções, por isso a última etapa do processo acontece com os gestores de área”, afirma ela, lembrando que  o Jovem Aprendiz é um programa que valoriza os estudos. “A carga horária é reduzida para quatro horas de atuação na empresa para que o jovem possa levar adiante os seus estudos e tenha tempo de frequentar as aulas do SEST/SENAT, que acontecem de segunda a quinta-feira, durante duas horas”, afirma Socorro.

Atualmente, a Unitrans tem 42 jovens aprendizes em seu quadro, atuando nos setores de monitoramento, operação, departamento pessoal, de contabilidade e setor médico, cujos contratos, serão encerrados quando completarem um ano, ou seja, no final de setembro.

O contrato de trabalho do Jovem Aprendiz tem duração de um ano e a remuneração varia de acordo com as horas computadas de serviços prestados. Socorro Aragão explica ainda que o programa Jovem Aprendiz se constitui na primeira oportunidade de emprego do jovem e que muitos deles, dependendo do desempenho e da necessidade da empresa, são contratados e efetivados após o encerramento do contrato com o programa. “A empresa faz uma avaliação do candidato durante todo o seu contrato e ao término deste, se houver vaga disponível e a avaliação do jovem aprendiz for boa, ele tem tudo para ser contratado para o quadro efetivo na função que exerceu como jovem aprendiz ou em outro setor da empresa se preencher todos os requisitos do cargo”, finaliza Socorro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança