Ônibus sem cobrador começam a circular nesta segunda na RMR

Fonte: G1 Pernambuco
Fotos: Divulgação / Reprodução TV Globo

8d5d32bbcc182aafa8fb70c786dbbb46

A linha de ônibus que liga os Terminais Integrados (Tis) da Macaxeira e de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), passou a operar sem cobrador desde esta segunda (11). Adotada pelo Grande Recife Consórcio de Transporte, a medida tem sido testada com o objetivo de diminuir os riscos de assalto. Para pagar a passagem, é preciso usar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) nas versões Comum, Estudante ou Trabalhador.

O teste, inicialmente, será feito somente nos ônibus da linha TI Macaxeira/TI Abreu e Lima. Segundo o Grande Recife Consórcio, há oito ônibus que operam fazendo o trajeto de 25 quilômetros entre os terminais e, diariamente, são feitas 50 viagens para transportar cerca de seis mil passageiros diariamente.

Ao longo da semana, a presença dos cobradores nos coletivos será apenas para orientar os passageiros a respeito da mudança e para vender o cartão VEM a quem ainda não dispõe do vale eletrônico. Para alguns passageiros, no entanto, a retirada dos cobradores não vai surtir efeito e as abordagens criminosas aos ônibus vão continuar.

20160711120501

“Não adianta só tirar o cobrador para diminuir os assaltos. Tem que ver também o percurso que essa linha faz. Antigamente era menor, hoje é muito maior. Em alguns trechos, o trajeto é num lugar escuro e esburacado e, por isso, os assaltos podem aumentar”, comenta a passageira Naedja Luna.

Além da permanência dos riscos de assaltos, o desemprego dos cobradores é outro ponto questionado por quem depende do transporte público. “Essa mudança vai desempregar um bocado de gente. Antes eles tinham que pagar o prejuízo dos assaltos nos ônibus e agora eles vão ser demitidos”, observa o professor Felipe Marques.

Captura de tela inteira 11072016 220224.bmp

O uso obrigatório do VEM também foi outra queixa frequente de quem usa o transporte público. “Às vezes, a pessoa não tem nem os cinco reais da passagem e agora vai ter que gastar para comprar o cartão”, reclama um passageiro. De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte, o VEM pode ser adquirido por R$ 10 no posto da Urbana-PE, na Rua da Soledade, no centro do Recife, e nas estações de BRT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança