Divinópolis receberá exposição de ônibus antigos em 30 de julho

Fonte: Vrum
Texto: Bruno Freitas
Fotos: Divulgação

20160627200949100330o
Modelo 1974 será um representante da carioca Ciferal no encontro

Pelo segundo ano consecutivo a Confraria do Ônibus reunirá fãs e aficionados pelo veículo de transporte de passageiros numa exposição anual, em clima de confraternização e aberta ao público. Desta vez o destino escolhido é Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, a cerca de 120 quilômetros de Belo Horizonte. A Rodoviária da “Princesa do Oeste”, como a cidade de cerca de 213 mil habitantes é conhecida, receberá em 30 de julho (um sábado), a partir das 10h, o 2º Encontro da Confraria do Ônibus, apresentando modelos de ônibus antigos e atuais que marcam as estradas brasileiras desde os anos 1960. Para participar com um ônibus antigo não é necessário pagar taxa de inscrição (leia mais abaixo).

O encontro tem o apoio do 1º Clube do Ônibus Antigo Brasileiro, organizador da exposição de ônibus e caminhões antigos Viver, Ver e Rever (VVR), em São Paulo, Rádio Ônibus, Prefeitura Municipal de Divinópolis e a empresa de ônibus Teixeira.

A Confraria do Ônibus é um grupo de amigos entusiastas e profissionais do setor de transportes no Estado nascido no aplicativo de conversas WhatsApp. Na primeira edição do encontro, em 25 de julho do ano passado, centenas de visitantes foram ao Espaço Cultural de Itaúna relembrar veículos que fizeram parte de suas vidas ou, no caso dos mais novos, conhecê-los de perto.

20160627200953750702a
Cartaz de divulgação do evento

Entre os ônibus clássicos que estarão expostos este ano em Divinópolis está uma jardineira Metropolitana Mercedes-Benz ano 1956. Também conhecido pelo apelido Torpedinho do caminhão L-312, o modelo, primeiro coletivo da frota de uma empresa de Arcos, também na Região Centro-Oeste de Minas, foi largamente utilizado na construção de Brasília, inaugurada quatro anos depois.

Um segundo ônibus que marcou época e estará exposto é o Flecha Azul VI B leito, da Companhia Manufatureira Auxiliar (CMA), divisão da Viação Cometa que fabricava as próprias carrocerias para ônibus. Somente 15 unidades do Flecha VI B foram produzidas entre 1996 e 1997, dando sequência á série VI Leito vindo equipada com ar-condicionado de controle digital. As unidades foram numeradas de 9010 a 9025.

20160627201037137094i
Somente 15 unidades do Flecha Azul VI B foram produzidas

Outra novidade nesta edição do encontro é o Mercedes-Benz O-362 1977 da empresa Centauro, cuja história já foi contada em detalhes pelo Portal VRUM. O modelo da série monobloco foi muito utilizado entre as décadas de 1970 e 1990 por empresas de fretamento (transporte de funcionários de indústrias e empresas de serviços).

20160627201105427820i
Monobloco Mercedes-Benz O-362 ano 1977 é outra presença confirmada

INSCRIÇÕES

20160627201101232721a
Centenas de pessoas conferiram a exposição de ônibus no ano passado

Interessados em expôr um ônibus ou participar com algum veículo que seja representativo para o transporte de passageiros podem entrar em contato com a organização do 2º Encontro da Confraria do Ônibus por meio do telefone (31) 99984-7506. O e-mail é o [email protected]

1 comentário em “Divinópolis receberá exposição de ônibus antigos em 30 de julho”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança