Ônibus Paraibanos

As pinturas padronizadas que você não vai ver em Campina Grande

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Josivandro Avelar
Fotos: JC Barboza / Jovani Cecchin / Leonardo dos Santos Eustáquio
Desenhos: Projeto CIOM

IMG_7451

O padrão visual dos ônibus de Campina Grande já está definido, sendo um padrão branco com a dianteira e a lateral acima das janelas pintadas em três cores, referentes as áreas de atuação dos consórcios em Campina Grande. Para chegar a este layout, outros foram pensados.

O layout pensado para o novo sistema campinense tem inspiração em um layout empregado pela Visate, de Caxias do Sul-RS, para sinalizar os ônibus que fazem uma linha troncal no município. Acredita-se que o layout seja um projeto da Marcopolo, com base no da Visate.

Antes de chegarem a este layout, as empresas de ônibus de Campina Grande ainda tiveram que conhecer outros três projetos. O conhecido modelo de cooperativa paulistana foi o primeiro a ser apresentado.

Já o segundo e terceiro projetos são baseados na pintura da Nacional de Luxo, que possui duas listras diagonais. Neste projeto, as listras possuiriam as mesmas cores.

Já neste outro, a primeira listra seria dividida em duas cores, e a segunda seria sempre azul.

A Cabral chegou a desenvolver o seu próprio padrão, baseado no sistema Integra, de Salvador. E chegou a aplicar em alguns de seus ônibus, os quais estão rodando.

IMG_4547

No fim das contas, o projeto aprovado sai da fábrica da Marcopolo junto com os ônibus. Como as áreas são três, falta conhecer uma cor do sistema.

Já saíram de fábrica pelo menos 10 ônibus do novo sistema, nas cores azul, da Cabral, e vermelha, da Transnacional, cor essa que deve ser adotada pela Cruzeiro. O novo padrão visual de Campina identifica as empresas pelas suas marcas na traseira; a Transnacional adota as três listras, a Cabral a marca “Grupo Albenita Cabral”, a Nacional as listras diagonais com a marca “Grupo A.Cândido, e a Cruzeiro, a marca da empresa junto às letras VC estilizadas.

13282056_561913700679049_55741192_n

Após a entrega dos ônibus que certamente deve acontecer, as empresas devem começar, finalmente, a repintar seus ônibus. A Cruzeiro já espera por esse momento deixando seus ônibus completamente brancos. E a Cabral vai ter que repintar mais uma vez os ônibus que padronizou com o padrão “Integra”.

Já a Transnacional removerá as três listras das laterais. E até dos ônibus que eventualmente vir a mandar para a Unitrans, uma vez que em João Pessoa, o padrão “U” que ela já usa desde 2011 passa a ser obrigatório para os ônibus que são incluídos na frota. A capital paraibana é a única capital brasileira onde cada consórcio emprega uma pintura padronizada diferente.

A Nacional já terá mais facilidade, uma vez que as listras diagonais ocupam pouco do veículo.

O Portal Ônibus Paraibanos continua acompanhando as movimentações de Campina Grande. Continue acompanhando por aqui as notícias.

4 comentários em “As pinturas padronizadas que você não vai ver em Campina Grande”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.