Já tem gente "matando" a Viação Itapemirim

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Josivandro Avelar
Fotos: Kristofer Oliveira

8621 Marcopolo Paradiso G6 1200 HD O-500 RSD (2)

No dia 7 de março, a Viação Itapemirim protocolou o pedido de recuperação judicial da empresa, acatado pela Justiça do Espírito Santo no dia 18 do mesmo mês. Sendo uma marca consagrada das estradas brasileiras, a notícia gerou repercussão no meio, principalmente na busologia, onde as reações foram variadas. Algumas até exageradas, já antecipando a falência da Itapemirim.

Como todo mundo sabe, não é de hoje que a empresa enfrenta problemas. No ano passado, a Viação Itapemirim transferiu 68 linhas para a Viação Kaissara, passo a passo mostrado por este Portal. E desde lá já tinha gente dando a empresa por encerrada, enquanto ela ainda estava rodando em linhas para o Nordeste. No dia 7 de março noticiamos a recuperação judicial da empresa – cabe lembrar, isso não significa a falência dela – e a acatação do pedido 11 dias depois. Porém, como disse, as reações são exageradas, a ponto de aparecer nas mídias sociais nos últimos dias uma fotomontagem com imagens de ônibus da Itapemirim com a palavra “luto”, com direito a hashtag e tudo. Quem não tem acesso a mídias especializadas como essa acredita que a empresa já faliu, o que não é verdade.

Como bem disse no esclarecimento da história da Guanabara quando a empresa escalou um ônibus para operar linha da Viação Nordeste, é sempre bom se informar através das mídias para saber o que realmente está acontecendo. Como informado, a empresa está em recuperação judicial. Segundo essa decisão, a empresa tem 60 dias para apresentar o plano de recuperação judicial. Depois de apresentar, os credores terão 180 dias para se manifestarem e aprovarem o plano. Caso a viação não apresente o plano no prazo estipulado ou não receba a aprovação dos credores, o juiz pode decretar a falência do empreendimento. Como a tramitação completa ainda não aconteceu, a falência da empresa não pode ser decretada. Além disso, as linhas que restaram na Itapemirim precisam de autorização da ANTT para serem transferidas, coisa que sempre acompanhamos e noticiamos aqui. Certamente se a Itapemirim tivesse falido agora, você já estaria vendo uma notícia sobre um ônibus de outra empresa operando uma linha da empresa capixaba.

Fique atento ao Portal Ônibus Paraibanos e acompanhe as notícias da Viação Itapemirim através da página com as notícias da empresa. Nelas estão as últimas notícias a respeito do passo a passo do processo de recuperação judicial da empresa. Ela está respirando por aparelhos, mas ainda não pode ser dada como morta.

Para que você entenda melhor e se aprofunde mais a respeito da situação da empresa, compartilhamos as cinco últimas notícias publicadas pelo Portal a respeito da situação da empresa, fora as que o widget de Relacionados abaixo pode selecionar automaticamente:

Pode ser até difícil sair de uma recuperação judicial, mas se a empresa vier a falir como consequência desse processo, isso será noticiado aqui como em qualquer outra mídia que possua essa informação e a divulgue, bem como a resolução da ANTT que autoriza a transferência das linhas.

/

Fora isso, é boato. A Viação Itapemirim apesar de todas as dificuldades, segue rodando. Até quando não se sabe, mas se um dia parar de rodar, todos nós ficaremos sabendo e contaremos direitinho a história como ela realmente é.

6 Replies to “Já tem gente "matando" a Viação Itapemirim”

  1. ABNER ATILA LEE disse:

    um site de credibilidade faz isso dai parabens onibus paraibano continuem assim!!!!!!

  2. Natan Oliveira disse:

    como busólogo, cabe aqui um “mea-culpa” à classe… pra busólogo, ônibus quebrado na estrada é sinônimo de falência…. o nome disso é falta de discernimento.

    Fruto do péssimo nível de conhecimento dos que se dizem “entendidos”. Eu – graças ao bom Deus – sou só e somente um entusiasta… sou entusiasta das empresas, das relações humanas, dos estudos de geografia, administração, economia, logística, mecânica… enfim, de tudo que compõe o sistema do transporte rodoviário brasileiro…

    mas tem quem avalie a situação de uma empresa de ônibus pela cor da fumaça do escapamento, aí esquece que tem dezenas de pessoas que tiram seu sustento desse meio… e dá sua assertiva sem um argumento sólido…

    é triste o rumo que a busologia tomou…

    torço pela Mirim, mesmo. Como entusiasta e amante da história que essa empresa representa. Como cliente é difícil dizer (nunca fui). Se ela acabar, terão outras pra fazer o serviço… assim funciona a economia. Por sinal, a maior empresa aérea que esse país já teve (só pra fazer o paralelo) foi quem “inaugurou” a Lei de Recuperação Judicial (11011) que temos… mesmo pra ela e sua tradição de 80 anos e “bons” serviços, não funcionou…

  3. Mera realidade do que diz Sr. Natan Oliveira, sendo uma pessoa que teve a grande oportunidade e não porque a honra de trabalhar para uma das empresas do grupo e vivenciar de perto todo processo, busca incessante da qualidade digo na Viação como agora, ônibus todos vistoriados a cada viagem em suas respectivas garagens. Profissionais sempre solícitos com todas suas obrigações em dia. Como disse, orgulhava de trabalhar nessa empresa, fazer parte desse grupo. Aprendi muito, e hoje se conheço um pouco de transporte, de algumas cidades desse nosso Brasil graças a Viação Itapemirim S/A. Espero que essa empresa não naufrague mas sim se reerguer para trilhar naquilo que sempre fez, atender bem seus clientes e passageiros que por muito utilizaram seus ônibus para suas viagens.

  4. Ezequiel Neto disse:

    Nessas horas aparecem os urubus; os abutres…A Itapemerim vai se recuperar, se levantar, e voltar a ser a grande empresa que sempre foi.

  5. marcos disse:

    vcs são muito inocentes ou devem ter vindo de outro planeta, a Viação Itapemirim deve em torno de 1bi eu disse (um bilhão em dívidas) aproximadamente e tem 02 anos pra pagar (recuperação judicial) me diz qual empresa neste nível conseguiu se erguer ? Pelo tamanho da dívida, quem teria a coragem de assumir isso ? Linhas do Nordeste dão mais prejuízo do que lucro, os carros andam vazios durante o ano inteiro e somente na alta temporada que melhora um pouco, não precisa ser economista, os filhos não deram valor, A CASA CAIU !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.