Rio se prepara para ter o BRT com maior demanda de passageiros do mundo

Fonte: Revista Auto Bus
Foto: Volvo

20140917_144309-Info

O futuro corredor expresso para ônibus do Rio de Janeiro poderá ser considerado o de maior demanda de passageiros do mundo. O Transbrasil, um dos quatro sistemas de BRT (Trânsito Rápido de Ônibus) que a capital fluminense formou para sua rede de mobilidade urbana, está em fase de implantação. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, várias frentes de trabalho estão em andamento, como a construção e alargamento de viadutos e da colocação do pavimento rígido (concreto). Ainda fazem parte do projeto, a construção de mais de 30 mil metros quadrados de pontes e viadutos e o alargamento das pistas laterais da Avenida Brasil entre os bairros de Irajá e Guadalupe.

O corredor terá 28 quilômetros de extensão, ligando o bairro de Deodoro ao centro da capital fluminense, passando pela Avenida Presidente Vargas. Na primeira etapa das obras, correspondente a 23 quilômetros, serão investidos cerca de R$ 1,4 bilhão. Finalizado, o sistema contará com 20 estações, 17 passarelas e sete terminais (previstos), com conexões aos corredores Transcarioca (Barra da Tijuca/Aeroporto Internacional) e Transolímpica (Recreio dos Bandeirantes/Deodoro) e a integração com o metrô e o trem.

Chama a atenção o volume bem expressivo de usuários do futuro corredor. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, há uma expectativa de que sejam atendidos 820 mil passageiros por dia, aspecto que exigirá total atenção por parte dos gestores do sistema. O número de ônibus a ser operado não foi informado, mas com toda certeza deverão ser utilizados veículos com alta capacidade de transporte, como os biarticulados, significando uma excelente oportunidade para que as montadoras brasileiras, que possuem em seus portfólios versões capazes de levar mais de 200 passageiros por viagem, possam realizar seus negócios. As encarroçadoras brasileiras e as fabricantes de componentes também poderão se beneficiar com o futuro corredor, que terá conclusão em 2017.

Com mais esse projeto o Rio de Janeiro terá 155 quilômetros de corredores rápidos para ônibus, interligando a cidade com um modelo de transporte com alta performance, permitindo uma mobilidade mais inteligente e sustentável.

“O Transbrasil será um dos corredores de maior densidade de passageiros do mundo, o que vai colocar o Rio de Janeiro como referência em sistemas de BRT.  Nós estamos entusiasmados e vamos trabalhar para ter nossos ônibus circulando nele”,  afirmou Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.