Ônibus Paraibanos

Um prefixo, uma história: 0401 da Mandacaruense

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto: Kristofer Oliveira
Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

IMG_0867

A Mandacaruense como empresa teve ao longo da sua história pelo menos seis carros com este prefixo. Dizemos “pelo menos” porque são os que identificamos nas nossas pesquisas e lembranças. 

Como a empresa formou-se oficialmente como tal em 1969 e que pelo menos até os anos 80 a ordem dos prefixos seguiam a quantidade de carro na frota (diferente do atual momento em que existem vários prefixos vagos), é quase certo que o primeiro carro que ocupou o úmero de ordem “01” tenha sido uma Bicudinha 312 ou uma Marinete, tendo em vista que o fundador da empresa, o João de Lelê, já atuava no transporte ainda na década de 60. E também o modelo que foi o primeiro 0401 que encontramos foi o Caio Gabriela, fabricado a partir de 1974. Com isso, é certo que existiu algum antes do Gabriela.

100_7789

O Caio Gabriela chegou entre 1974 e 0975 na empresa, ficando na frota até os anos 80. Ao lado da Etur, foi a primeira a trazer o sucessor do Jaraguá para João Pessoa.

Substituindo o Gabriela, veio o Monobloco O-364, que permaneceu na frota até o início dos anos 90. Ostentando a segunda identidade da empresa e pelo zelo que a mesma tinha pelo modelo, era um dos mais bonitos que circularam nos anos 80 em João Pessoa. E a Mandacaruense tinha uma curiosidade, pois na lateral do veículo continha publicidade. Neste exemplar pode-se perceber que o vigia traseiro, onde normalmente fica a publicidade, está livre, enquanto que na lateral abaixo do “LTDA” possui uma.

0401

Mais uma vez o prefixo voltou a ser ocupado por um modelo da Caio, dessa vez o Vitória, com chassi OF-1313. Ficou na empresa até 1997, quando foi substituído por um GLS. E curiosamente este foi o último Caio a ocupar o prefixo e o último carro adquiro zero que veio com tal numeração.

O GLS Bus veio usado, oriundo da Viação Pavunense, cujo prefixo era 32539. Fixou-se na linha 505. Permaneceu na frota até o ano 2000.

Durante dois anos o prefixo ficou vago, sendo ocupado por um componente da frota, um Urbanuss que era do serviço opcional. O mesmo foi substituído por um Thunder em 2002, teve o ar condicionado desativado e sofreu as demais alterações para rodar na frota convencional, a exemplo da pintura. De todos, foi o que mais duradouro no prefixo, saindo no fim de 2011. Atualmente circula em Santa Rita a serviço da Assembleia de Deus.

IMG_0863

Em fevereiro de 2012 o atual ocupante do prefixo começou a circular após um pouco mais de 3 meses de ter chegado, passando pelas reformas necessárias e aguardando o fim do período da frota de férias. Veio do Rio de Janeiro e pertenceu as empresas São Pedro da Aldeia e Salineira, cujos prefixos foram 140 e RJ 111.001, respectivamente. Desde então é fixo na linha 503. Uma curiosidade é que seu itinerário eletrônico auxiliar (que não tinha utilidade) foi retirado e colocado na lateral do 0445.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.