A maior encarroçadora de ônibus do nordeste

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Fotos: Acervo Paraíba Bus Team



A Caio Norte foi criada em 1962, sendo inaugurada em 1966, tendo como diretor presidente José Roberto Massa, filho de José Massa. Com planta industrial na cidade de Jaboatão, a nova fábrica teve como mote a necessidade de diminuir o custo logístico de transporte. Motivo: a Caio tinha vencido uma licitação para o fornecimento de trólebus para a cidade. O seu modelo apresentado na proposta vencedora foi o Caio Bossa Nova. As primeiras unidades produzidas foram fabricadas em São Paulo. Aí se apresentou um problema não previsto na proposta inicial da Caio, que era o custo do transporte rodoviário das novas carrocerias até a distante cidade de Recife, capital do Pernambuco.

A direção da Caio fez-se valer de um artifício legal, que era o de exigir um aditivo ao contrato firmado, alterando os valores para cima para compensar o custo extra não previsto inicialmente com o transporte rodoviário das carrocerias. Miguel Arraes, então prefeito de Recife, conseguiu convencer a direção da Caio que a saída mais viável e de impacto financeiro menor era a instalação de uma fábrica no Pernambuco, valendo-se dos subsídios da SUDENE. Assim nasceu a Caio Norte, gerando novos empregos, renda e impostos/tributos ao erário. Da sua fundação, em 1966 até o ano de 1995 lá naquela unidade industrial foram fabricados mais de 10 mil ônibus.

Fábrica da Caio Norte

Em 1982 a demanda externa sofreu drástica redução, agravando a recessão do mercado interno, que já vinha de mais de dois anos, tornando a crise especialmente aguda. A ociosidade da Caio se elevou a 60% no final do ano. Foi provisoriamente suspensa a produção na Caio-Norte e, em São Paulo, mais de 900 empregados demitidos.

Vitória produzido pela Caio Norte

Com o pedido de concordata pedida em requerida em maio e concedida em junho de 1999, a Caio teve a falência decretada em dezembro de 2000. Em janeiro de 2001, a justiça autoriza o arrendamento da massa falida da Caio pela Induscar Indústria e Comércio de carrocerias LTDA., firma criada especificamente para esse fim pelo maior cliente Caio, José Ruas Vaz, maior operador de ônibus de São Paulo. Com isso a Caio Norte foi desativada e foi posto ao fim a história de quase 40 anos daquela que foi a maior encarroçadora de ônibus nordestina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental