CBTU: construção e reforma de estações

Fonte: PB Agora
Foto: Divulgação



Boa notícia para quem precisa utilizar o transporte púbico em Santa Rita: a cidade vai ganhar duas novas estações de trens. Uma delas vai ser construída em Tibiri Fábrica, perto da Secretaria de Educação, e outra em Várzea Nova, próximo ao clube do tiro. Cláudio Picolli, gerente de planejamento e engenharia da CBTU, disse que toda a via férrea vai precisar ser remodelada. “Os novos trilhos já foram adquiridos e devem chegar no início do próximo ano. O equipamento está vindo da China”, disse Picolli.

Cada estação vai custar entre dois e três milhões de reais. A verba vem do PAC II. As estações serão completamente automatizadas, com geradores, semáforos que indicam a aproximação do trem, onde também serão feitos trabalhos de drenagem. As obras devem começar em maio de 2016. O projeto já foi concluído e agora terá início a fase de licitação. A previsão de conclusão das obras é 2018.

A estação de Santa Rita é a segunda em movimentação de pessoas do sistema atendido pela CBTU. Segundo Paulo Barreto, Superintendente da Companhia, ano que vem deve chegar um terceiro VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). Até 2017 devem chegar todos de um total de oito. Com isso, o tempo de espera entre as viagens deve cair de 1 hora para 20 minutos. “Falar de trens é pensar na mobilidade urbana. É um transporte mais seguro e econômico. Quanto mais passageiros a gente leva em nossos trens diminui o número de carros, alternativos e ônibus. Isso é algo que vem de encontro aos anseios da população”, afirmou Paulo.

Entre Santa Rita e Cabedelo são transportados em média 7 a 10 mil usuários. Os trens possuem ar-condicionado, assentos preferenciais para idosos, gestantes e obesos além de acessibilidade para cadeirantes.

Segundo Werinson Duarte, Secretário de Planejamento de Santa Rita, a chegada das novas estações vai trazer mais qualidade de vida para os moradores. “Na região de Santo Amaro a população só é atendida por ônibus ou alternativo e essa nova estação vai beneficiar a população que gasta muito de ônibus. A passagem do trem custa bem menos”, afirmou. “A gente recebe com alegria essas novas estações e a reforma das antigas porque vai ser algo que vai trazer melhoria para quem utiliza esse transporte. A população vai ter mais agilidade e conforto nas viagens”, afirmou o vereador João Júnior.

Além dos representantes da CBTU, também estiveram na reunião para falar sobre essas novas estações os vereadores Cibely Inocêncio e Aurian de Lima e o Secretário de Articulação, Assis de Olavo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental