Ônibus escolar é usado para levar funcionários de fábrica na Paraíba

Fonte: Portal Correio
Fotos: Brejonews


Um ônibus escolar, que pertence ao município de Cuitegi, no Brejo paraibano, a 114 km de João Pessoa, que deve ser utilizado exclusivamente para o transporte de alunos, teria sido indevidamente para transportar trabalhadores até um abatedouro de frango, que fica no município de Guarabira, também no Brejo, a 113 km da Capital. O prefeito de Cuitegi, Guilherme Madruga Júnior, disse que o caso foi isolado e aconteceu por conta da quebra do ônibus utilizado apenas para transporte dos funcionários.


De acordo com o prefeito, a decisão de utilizar o veículo escolar para transporte dos funcionários do abatedouro foi feita por conta própria do motorista.

“Temos um programa de parceria com esse abatedouro. Nos comprometemos em disponibilizar o transporte e eles garantem o emprego de 130 pessoas do nosso município. O que ocorreu foi que o ônibus utilizado para levar esses funcionários quebrou durante a madrugada e o motorista resolveu pegar o ônibus escolar para que nenhum funcionário ficasse na rua e atrasasse ou faltasse ao trabalho, tendo a possibilidade de corte de ponto ou perda do emprego”, disse o prefeito.

Ainda segundo Guilherme Madruga Júnior, mesmo com a justificativa para a utilização do veículo escolar, o motorista foi chamado à atenção. Contudo, a atitude foi indiretamente defendida.

“O caso foi isolado e não vai se repetir. O motorista alegou que não quis prejudicar ninguém e disse que tomou a atitude para não deixar o pessoal na rua. Ele já teve a atenção chamada e solicitamos que o fato não se repita. Mesmo assim, temos que levar em consideração que o programa oferece emprego para cerca de 5% da população economicamente ativa do nosso município e esse pessoal teve medo de perder o emprego”, concluiu o prefeito.


“O caso foi isolado e não vai se repetir. O motorista alegou que não quis prejudicar ninguém e disse que tomou a atitude para não deixar o pessoal na rua. Ele já teve a atenção chamada e solicitamos que o fato não se repita. Mesmo assim, temos que levar em consideração que o programa oferece emprego para cerca de 5% da população economicamente ativa do nosso município e esse pessoal teve medo de perder o emprego”, concluiu o prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa