Ônibus Paraibanos

Reunião discute reativação do modal ferroviário em Campina Grande

Fonte:
Codecom
Foto: Divulgação



Por iniciativa do prefeito de Campina Grande,
Romero Rodrigues, os gestores dos principais municípios do Estado estão se
mobilizando estrategicamente para reativar o modal ferroviário de cargas e
passageiros da Paraíba.

E foi com a intenção de discutir parcerias, e
traçar estratégias do ponto de vista institucional e político, que
representantes de Sousa, Campina Grande e João Pessoa se reuniram na manhã
desta segunda-feira, 10, na sede da Companhia Docas, em Cabedelo, na
oportunidade representada pelo prefeito Leto Viana e o secretário Hugo Braga.
 
Os secretários André Agra (Obras), Marcos Procópio
(executivo do Desenvolvimento Econômico) e o auxiliar Dunga Júnior
representaram o prefeito Romero Rodrigues no encontro,  que também contou
com a participação de representantes da Anvisa e CBTU (Companhia Brasileira de
Trens Urbanos), do prefeito de Sousa, André Gadelha, acompanhado do vereador
Cacá Gadelha, além do secretário adjunto de Planejamento da capital, José
Rivaldo Lopes, e do presidente da Docas, Lucélio Cartaxo.
 
“Essa foi a terceira reunião formal para tratar
desse importante assunto, um tema de Estado. Tecnicamente, sabemos que o
investimento é alto, por isso estamos contando também com a participação da
iniciativa privada no encontro. Os representantes de Cajazeiras e Patos também
estão sendo convocados e novas reuniões vão acontecer”, disse o secretário
André Agra.
 
Para o prefeito Romero, que iniciou a mobilização
dos prefeitos e recentemente adiantou contatos sobre a pauta com o ministro dos
Transportes Antonio Carlos Rodrigues, a reativação do modal ferroviário deve
agregar valor ao Complexo Aluízio Campos, onde estão sendo instalados
empreendimentos do comércio, indústria, ciência, tecnologia e empresas do setor
de logística.
 
A próxima reunião está prevista para acontecer em
setembro, quando o grupo deve visitar o Aluízio Campos.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.