Fechamento de agência do PagFácil no Cristo leva junto posto de recarga do Passe Legal‏

Fonte:
Portal Ônibus Paraibanos
Texto: Josivandro Avelar
Fotos: Rodrigo Gomes / Divulgação



Há aproximadamente um mês, a agência do PagFácil que funcionava na Avenida
Nereu Ramos, no bairro do Cristo Redentor, encontra-se fechada. Isso criou uma
série de problemas aos moradores do Cristo e Rangel, que agora só tem a opção
de pagar suas contas em uma casa lotérica, enfrentando fila praticamente todos
os dias. Mas o estrago é ainda pior, pois na agência do PagFácil fechada,
estava o único posto de recarga do Passe Legal da área. Desde então, quem
quiser recarregar seu cartão de passagem, é obrigado a sair do bairro.

A
AETC-JP firmou uma parceria com o PagFácil para instalação de postos de recarga
em algumas agências de João Pessoa. A do Cristo foi a primeira delas – isso
mesmo o bairro tendo demanda para o funcionamento de um posto próprio de
recargas. Não havia outra alternativa a não ser enfrentar as mesmas filas de
quem paga contas de água e luz.

A
agência funcionava próximo da Escola José Lins do Rego – que tem um grande
contingente de alunos, e parte deles usa ônibus para se dirigir até lá. O mesmo
lugar abriga o Campus V da Universidade Estadual da Paraíba. Era comum ver os
alunos dessas instituições fazerem as recargas de seus cartões na agência do
PagFácil. Agora o jeito é sair do bairro para isso – e até mesmo arriscando o
pouco que tem de passagem nos cartões. Isso quando não pagam a passagem cheia
em dinheiro para se dirigir ao Centro. Um grande estímulo que a AETC dá para o
uso do Passe Legal.
 
Quanto
mais o tempo passa, mais improvável é a possibilidade da agência reabrir. Não
se sabe se a AETC já está ciente disso, para que tome alguma providência
relacionada a instalação de um novo posto de recargas no Cristo ou no Rangel.

O
bairro do Cristo tem uma população de 37.538 habitantes. Somado com a população
do bairro do Rangel, que é de 16.973 habitantes, são 54.511 pessoas que vivem
nos dois bairros, que são colados. Uma população desse tamanho que já não conta
com serviços bancários de qualidade, agora tem que sair do bairro até para
fazer recargas de Passe Legal. Até quando a comunidade vai continuar – e aceitar
– a ser tratada dessa maneira?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança