Iveco Bus entrega os primeiros chassis 170E28 no interior de Pernambuco

Fonte:
Iveco

Fotos: Divulgação



Os primeiros chassis 170S28 Iveco Bus começaram a
rodar pelas ruas no interior de Pernambuco. A empresa de transporte urbano
Capital do Agreste, da cidade de Caruaru, ampliou sua frota de ônibus com a
aquisição de oito unidades do modelo. Parte do desenvolvimento dos veículos,
que foram entregues no fim do mês de abril, contou com a parceria da
concessionária Navesa Iveco e a Caio Apache Carrocerias.

Segundo Luiz Biase, APM  da marca na região,
comenta a importância da parceria e como a companhia avaliou o custo/benefício
e o bom desempenho dos equipamentos. “Este cliente testou e comprovou a
excelente relação custo-benefício de nosso produto e já dedicou 20% da sua
frota para a Iveco Bus” relata.
 
Com o chassi 170S28, a Iveco Bus, divisão de ônibus
da CNH Industrial, oferece ao mercado uma excelente opção para o transporte de
passageiros, reunindo atributos como resistência, baixo custo de manutenção e
alta tecnologia. Projetado e fabricado no Complexo Industrial da Iveco, em Sete
Lagoas (MG), o modelo de 17 toneladas chega em duas configurações, urbano e
fretamento, atendendo demandas para transporte urbano e intermunicipal.
 
A Capital do Agreste conta atualmente com uma frota
de 39 veículos e é uma das responsáveis do sistema de transporte da cidade, que
possui aproximadamente 350 mil habitantes e está localizada a 130 km da capital
Recife.
 
Chassi 170S28
 
O chassi 170S28U apresenta evoluções tecnológicas
para oferecer ao cliente a garantia de um produto robusto. Com um reforço
estrutural, o projeto foi pensado para dar resistência extra ao veículo nas
aplicações urbanas e de fretamento, facilitando a manutenção e diminuindo, por
exemplo, o tempo de treinamento dos funcionários que farão a revisão dos
ônibus.
 
A força do modelo da Iveco Bus deve-se ao motor
N67, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O propulsor de 6,7 litros,
com sistema SCR, atende as normas do Proconve-P7 e é capaz de gerar potência
máxima de 280 cv, a maior do segmento. O torque chega a 950 Nm, já disponíveis
na faixa de 1.250 a 1.950 rpm. A curva plana de torque e a grande
disponibilidade de força em baixas rotações garante, de uma só vez, mais
economia de combustível e mais conforto para o motorista, evitando constantes
trocas de marchas.

Desenvolver um veículo de transporte de passageiros
envolve tecnologia avançada para garantir conforto e bem-estar a bordo. O
chassi 170S28 foi projetado também com esse foco. A transmissão utilizada é ZF,
manual, de seis marchas, com escalonamento compatível com as operações urbanas
e rodoviárias. O sistema permite uma condução mais suave e melhor desempenho
operacional, sem deixar de lado a economia de combustível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental