Motorista defende direito de gestante ao assento no ônibus e tem atitude reconhecida publicamente

Fonte: News Comunicação
Fotos: Kristofer Oliveira / Divulgação

No dia a dia das grandes cidades, onde a correria e indiferença têm imperado, ações de cordialidade e generosidade tornam-se atos de heroísmos. Os passageiros da linha 5.100 – Valentina que estavam no ônibus dirigido pelo motorista Augusto Cézar Almeida de Sousa, por volta das 7h30, do último sábado (18), se surpreenderam com a atitude dele que, apesar de corriqueira, ganhou uma repercussão muito grande nas redes sociais. Neste dia, com um ônibus lotado, Augusto ficou famoso no Facebook depois de defender o direito de assento de uma gestante que embarcou no ônibus. O fato se tornou público após a passageira Monalisa Dias enaltecer a iniciativa dele e agradecer o profissional com uma postagem no Facebook.

Com quase 9 mil “curtidas” e mais de 5 mil compartilhamentos, o texto de Monalisa narra que o motorista, ao perceber que ninguém cedia lugar à grávida, disse que só daria partida quando ela sentasse. A ação, segundo o próprio Augusto, teve a intenção de resguardar à grávida que poderia se desequilibrar em uma freada. “Pode acontecer de em algum momento um carro ou moto cortar o ônibus e eu ter que frear. Isso é reflexo, direção defensiva e ela estando sentada não se prejudicaria”, comentou o motorista.

Augusto, que já havia trabalhado na Reunidas em 2007 e, posteriormente na Rodoviário Nordestino, onde ficou até 2011 para depois entrar na Unitrans, em 2014, disse que essa sempre foi sua forma de conduta no trabalho. “Sempre agi assim. Quem trabalha comigo sabe que trato idosos, portadores de necessidades especiais, grávidas e pessoas com criança de colo dessa forma. Sempre peço para sentar antes para depois eu largar. Para descer do mesmo jeito. Outro dia, um pai que levava seu filho no colo  pediu parada e ficou em pé esperando eu parar. Pedi que ele sentasse até o momento de desembarcar para que ele e a criança ficassem mais protegidos”, explicou.

A atuação do motorista com certeza serviu para que muitos refletissem sobre cordialidade nos coletivos urbanos, a começar por Monalisa, que se lembrou de reconhecer o gesto do profissional escrevendo a seguinte mensagem. “Para surpresa de todos no ônibus, este motorista, nos emocionou com sua linda atitude. Disse: Por gentileza, gente, alguém ceda lugar para esta grávida! Todos olharam e ninguém nada fez. Ele aumentou o tom de voz e disse: Só saio daqui quando ela sentar. Aconteceu que a cadeira apareceu e estando a grávida segura, o motorista seguiu viagem”, disse ela, concluindo com seu agradecimento. “O mínimo que posso fazer é registrar meu total agradecimento a este homem. Parabéns a você pela atitude. Talvez ninguém tenha pensado em te agradecer. Mas está aí minha manifestação pública de reconhecimento e agradecimento”.

Augusto afirmou que está surpreso com a repercussão do caso. “Não pensei que um dia essa conduta minha tivesse essa repercussão. Mas, do mesmo jeito que eu atuo, outros colegas também o fazem. Somos orientados na empresa para isso, temos treinamentos constantes que nos orientam a agir assim, só que não existe o reconhecimento do público usuário. Isso foi bom”, disse o motorista, acrescentando que várias pessoas, inclusive de fora do país, estão elogiando sua conduta através das redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha As novidades da Opção Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 07/2021 Apache Vip V da 1001