Empresa autorizada pela Arsal apresenta frota de ônibus para atender região de Rio Largo

Fonte:
Arsal
Foto: Thiago Alex



Nesta quinta-feira, 09,
às 15h, a Auto Viação Veleiro apresenta parte da frota de 38 ônibus que
substituirão os coletivos da empresa Tropical Ltda. nas linhas intermunicipais
metropolitanas Maceió/Rio Largo (via Mata do Rolo e via Gustavo Paiva),
Maceió/Aeroporto Zumbi dos Palmares (via Ponta Verde e via Terminal Rodoviário)
e Maceió/Cruzeiro do Sul.

A
apresentação acontece no Terminal Rodoviário João Paulo II, na capital, cerca
de 40 dias depois da assinatura do contrato de autorização provisória firmado
entre a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) e
a Veleiro, que assumirá, pelo prazo de 180 dias, as linhas até então operadas
pela Tropical.
 
“Todos
os ônibus apresentados são novos e possuem acessibilidade, em conformidade com
a legislação. Essa mudança atende um pleito antigo dos usuários do Transporte
Rodoviário Intermunicipal da região e uma recomendação do Ministério Público
Estadual”, destacou o presidente da Arsal, Marcus Vasconcelos.
 
O
diretor de Transporte da Agência Reguladora, Fábio Calheiros, disse que sábado,
dia 11, é a data prevista para o início das atividades da Veleiro. “Com isso, a
Arsal busca corrigir as deficiências existentes nas linhas, beneficiando, com
um transporte público de maior qualidade, os cerca de 20 mil passageiros que
utilizam diariamente os veículos convencionais e complementares que operam no
entorno de Rio Largo”, acrescentou.
 
Suspensão
 
Após
vários prazos concedidos pela Arsal, a Tropical teve as atividades suspensas em
2014, devido a não adequação de sua frota em relação à idade, conservação e
acessibilidade, mas continuou operando por liminar judicial.
 
No
começo de janeiro deste ano, a liminar foi derrubada pelo presidente do
Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Washington Luiz, que
determinou a manutenção do ato administrativo da Agência Reguladora suspendendo
as atividades da empresa de ônibus.
Em
sua decisão, o presidente do TJ/AL destacou que, além de servir como
instrumento de coação para o cumprimento da legislação específica, a medida
adotada pela Arsal buscou resguardar a segurança e acessibilidade dos usuários
que utilizam o serviço público de transporte da empresa permissionária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha As novidades da Opção Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 07/2021 Apache Vip V da 1001