Seis meses sem Bomfim… 54 anos de história não se apagam da memória de uma hora para outra

Fonte:
CFO-SE
Foto: Divulgação


Por
mais incrível que pareça, escutamos relatos de que após esse tempo todo sem
operar, a Bomfim ainda é lembrada por passageiros que vão até o terminal
rodoviário de Aracaju a procura dos seus serviços, e descobrem que a empresa
não rodam em mais nenhuma linha interestadual. Um dos serviços mais procurados
na empresa era aquele operado pelos ônibus de dois andares (Double Decker), que
ficaram marcados por aqui como “Os Gold”, nome do serviço semi-leito
que faziam.

Mesmo
com os problemas que tinha, a empresa possuía clientes fieis que ficaram
acostumados a viajar nos “Golds” e a outros mimos que a empresa
disponibiliza nos principais horários que fazia. Com o tempo a frota de 07
Double Deckers foi reduzida a 04 veículos, deixando de operar nas linhas de
João Pessoa x Salvador, Salvador x Maceió e se concentrando apenas na Aracaju x
Salvador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança