Marcopolo projeta 2015 sem crescimento

Fonte:
Blog do Caminhoneiro
Foto: Divulgação


Mesmo com a entrada em vigor de medidas
que favorecerão as fabricantes de ônibus em 2015, a Marcopolo, de Caxias do
Sul, não deverá crescer neste ano. Segundo o CEO da empresa, José Rubens de la
Rosa, “uma boa meta será repetir o resultado de 2014″.

Até
setembro do ano passado, a fabricante de ônibus registrou uma receita
operacional líquida de R$ 2,4 bilhões. O resultado representa queda de 9,9% na comparação com o
mesmo período de 2013. A retração no lucro líquido chegou a 25,6%.
 
Os
funcionários da empresa voltaram
a trabalhar na segunda-feira, 12, após três semanas de férias coletivas. A
companhia atua hoje com 40% de ociosidade.
 
Tanto
as indefinições políticas como a falta de regulamentação do sistema de
autorização para o transporte interestaduais
de passageiros pela ANTT prejudicaram a empresa em 2014.
 
A
expectativa de que a regulamentação – que deverá reduzir a idade média das
frotas de dez para cinco anos – saia até junho, no entanto, anima o executivo.
“A
perspectiva é otimista, mas a medida só deverá virar receita 90 dias após a
implantação. Ainda não consigo dizer que 2015 será tão positivo. A curva é
ascendente. Depois desses anos mais difíceis, 2016 e 2017 serão de
recuperação”, projeta De la Rosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança