Itinerários dos ônibus de Teresina passam a ser monitorado por GPS

Fonte: G1 Piauí
Foto: Danilo Santos

Mudanças no transporte coletivo de
Teresina visam melhorar o cotidiano dos passageiros. A frota começou a ser
monitorada para que se tenha o controle do horário das viagens de cada ônibus e
o tempo gasto nos percursos.

A partir de agora, o controle dos
ônibus está mais rigoroso e os coletivos de Teresina estão recebendo
equipamentos que ajudam no monitoramento através de satélites, o GPS. Eles vão
ajudar a controlar rotas e horários, além disso também são dotados de um
transmissor que repassam informações em tempo real para as empresas e
Superintendência de Trânsito. Através dos monitores é possível dizer a
localização e a velocidade de cada ônibus.
 
Francisco Bezerra, que é gerente de
tráfego de uma empresa que controla 33 ônibus, acredita que no futuro o próprio
passageiro será capaz de realizar esta fiscalização das linhas. “Hoje nós,
a Strans e o Setut conseguimos visualizar esta nova tecnologia. O passo seguinte
é exatamente o usuário ter acesso as informações em tempo real”, declarou.
 
Apesar da tentativa de melhoria, a
mudança é criticada pelo Sindicato dos Trabalhores Empresas de Transportes
Rodoviários e motoristas. Para o vice-presidente do Sintetro, o uso do
equipamento vai aumentar a cobrança sob os condutores, enquanto o sistema de
transporte não oferece condições para que os funcionários cumpram o horário com
tanto rigor. “Não somos contra o GPS, só achamos que a Prefeitura de
Teresina deveria adequar as vias exclusivas para o motorista e somente depois
fizesse esta exigência com relação ao cumprimento do tempo da viagem”,
declarou.
 
O motorista Devril Mesquita transporta
passageiros para o bairro Jacinta Andrade, Zona Norte de Teresina. Além da
distância, os buracos atrasam a viagem dele e agora com o GPS instalado no
veículo ele alega que não pode nem desviar por ruas em melhores condições
porque será punido.
 
De acordo com a Superintendência
Municipal de Transportes e Trânsito, o sistema de monitoramento por GPS está
instalado em toda a frota. Em relação a frota operante, a Strans informou que
439 veículos apresentam visualização plena nos painéis de monitoramento, o que
corresponde a uma média de 89% da frota operante com acompanhamento pleno e em
tempo real nos monitores do sistema.

A Superintendência já conta com uma estrutura física inicial para fiscalização
da operação via GPS, com duas estações de monitoramento, que devem ser
ampliadas gradativamente à medida que houver expansão do sistema e da demanda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano