Uma visita à Gontijo

Fonte: Juntos a Bordo
Fotos: Divulgação 

O Raniere Lima, que é busólogo e colecionador, foi um dos ganhadores dos
sorteios realizados no VI Encontro de Busólogos Guanabara/Fortalbus.  Ele
ganhou uma viagem para conhecer as instalações do Grupo Gontijo, em Minas
Gerais, e saber tudo sobre a história da empresa.

Que
tal conferir, pelas palavras dele, como foi a visita? Confira o depoimento:
 
Saindo de Fortaleza na terça-feira às 9 da manhã com aquela
expectativa, venho chegar no ponto de apoio às 6 da manhã da quinta-feira. Ao
chegar na garagem da Gontijo sou recepcionado pela assistente de marketing
Dircilene, que me encaminha até o escritório da empresa para me falar como será
a visita. Depois de um bate-papo sobre a empresa com o assistente de vendas, o
senhor Hélio, que me falou sobre novas aquisições de ônibus para as empresas do
grupo.

Logo após fui acompanhado pelo Chefe de segurança e
patrimônio, senhor Anisio, para conhecer a rotina da garagem e fotografar os
ônibus já vendidos e os que estavam chegando 0km. No período da tarde, o Senhor
Hélio me leva até a garagem da São Geraldo, que fica em Contagem. Na São
Geraldo encontro alguns exemplares de modelos que fizeram parte da frota da
empresa antigamente, como duas jardineiras do pioneiro, senhor Abílio Gontijo,
e modelos antigos mais recentes, como o monobloco O321 e O355, CMA, Ciferal,
Marcopolo G3 e o meu preferido, um Nielson Diplomata 360, e no final conheço a
frota de modelos à venda, Busscar K113 anos 1994 e 1995.

Senti-me um privilegiado em poder conhecer essa grande
empresa e também a linda cidade de Belo Horizonte que ainda não conhecia. Fui
muito bem acompanhado pelos funcionários, todos muito atenciosos que me fizeram
sentir em casa. Só tenho a agradecer a empresa Gontijo e seus colaboradores e
também a ABRATI que me proporcionaram este momento único que jamais esquecerei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.