Empresas de ônibus na luta para despoluir

Fonte:
Jornal da Paraíba
Foto: Divulgação


A unidade do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do
Transporte (Sest Senat), de Campina Grande, recebeu na segunda-feira passada a
equipe do Programa Despoluir, da Federação das Empresas de Transporte de
Passageiros do Nordeste (Fetronor), para apresentar o Programa Ambiental do
Transporte. Na ocasião foram realizadas vistorias em quatro ônibus urbanos,
para demonstrar como é feita a aferição de emissão de poluentes. O objetivo é
estimular entre as empresas a redução da poluição e do consumo de combustível.

Ainda
durante o evento, foi apresentado o Prêmio Transportar de Responsabilidade
Ambiental. Segundo o presidente da Fetronor, Eudo Larangeiras, a iniciativa
pretende premiar o compromisso na redução dos gases poluentes. “Este prêmio
serve para estimular esta boa competição entre as empresas de transporte.
Premiaremos com placas e eletrodomésticos para o chefe da oficina de cada
empresa, aquelas que mantiverem os melhores índices de emissão de poluentes”,
completou.
 
Com
a ação, o Sest Senat evidencia a responsabilidade das empresas de transporte
com o meio ambiente. O superintendente de Trânsito e Transportes Públicos
(STTP) de Campina, engenheiro José Marques Filho, parabenizou a iniciativa. “A
qualidade do ar diz respeito a todos. Nós estamos tendo a oportunidade de ver o
trabalho sério que está sendo feito pelo Sest Senat para aferição de emissão de
poluentes nos ônibus, o que significa mais qualidade de vida para o povo de
Campina Grande, qualidade de vida para todos”, pontuou.
 
De
acordo com o diretor do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros
(Sitrans) de Campina Grande, Anchieta Bernardino, os ônibus do município são
vitoriados a cada 90 ou 180 dias. “Há a preocupação permanente de manter toda a
frota, atualmente formada por 220 coletivos, dentro das normas estabelecidas
pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para a emissão de poluentes”,
destacou.
 
A
Paraíba se destaca no índice positivo de emissão. Somente no primeiro semestre
de 2014 foram realizadas 2.224 aferições, com 87,6% de aprovação. Em João
Pessoa foram feitos 1.872 testes, com 85,4% de aprovação. Já em Campina Grande
no mesmo período, o índice foi de 91,6% em 354 veículos aferidos. No ano
passado, foram realizadas 1.693 vistorias e a média do Estado foi de 89,4% de
aprovação. Novamente Campina ficou em primeiro lugar, com 89,2%, seguida da
capital, com 82,9%.
A
importância da medida foi reconhecida até pelos condutores, a exemplo do
motorista Esdras Cardoso. “Essa ação é muito importante porque beneficia quem
dirige, os passageiros e toda comunidade, a qualidade do ar melhora muito”,
disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança