Fabrica de carrocerias para ônibus investirá R$ 200 milhões em Campina Grande

Fonte:
Parlamento PB

Fotos: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Campina Grande
oficializou, ontem, a doação de um terreno de 25 mil metros quadrados ao grupo
Ibrava do Nordeste LTDA para a instalação de uma montadora de ônibus na segunda
maior cidade do Estado. A Ibrava (Indústria Brasileira de Veículos Automotores
LTDA) é sediada na cidade de Feliz, no Estado do Rio Grande do Sul, e funciona
desde o ano de 2008, com a produção de microônibus para o transporte coletivo
urbano.

A escritura de doação do terreno em Campina Grande
foi assinada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e pelo empresário Carlos
Luiz Crispim Pimentel, que representou o sócio, Antônio Cândido de Oliveira
Neto. 
A escritura foi registrada no Cartório Ivandro
Cunha Lima (1º Serviço Notorial e Registral), em Campina Grande. As obras de
instalação do parque fabril devem ser iniciadas o mais breve possível, conforme
assegurou o sócio do empreendimento ao prefeito Romero Rodrigues.
Segundo o prefeito, o grupo vai investir cerca de
R$ 200 milhões na instalação da montadora de ônibus em Campina Grande, que deve
gerar algo em torno de mil empregos diretos no município e outros 5 mil
empregos indiretos. Com a instalação da montadora em Campina Grande, outras
indústrias de peças devem se instalar na cidade. O terreno para a instalação da
montadora foi desmembrado de uma propriedade denominada Ligeiro. No local,
funciona o Distrito Industrial do Ligeiro.

Desenvolvimento – De acordo com o prefeito Romero Rodrigues, a
instalação da Ibrava do Nordeste LTDA em Campina Grande proporcionará uma
arrancada desenvolvimentista no setor automotivo no Estado da Paraíba. Segundo
o prefeito, com a implantação da Ibrava, Campina Grande se consolida como maior
pólo de desenvolvimento do interior do Nordeste brasileiro. 
O prefeito acrescentou que o Poder Público
Municipal não medirá esforços no sentido de conceder incentivos para atrair
empreendimentos que gerem empregos, renda e desenvolvimento para a cidade e
para o Estado. “Vamos continuar tentando atrair empreendimentos industriais
para nossa cidade, porque queremos uma Campina Grande cada vez maior e mais
desenvolvida”, comentou o prefeito, que, na semana passada, deu ordens de
serviços para a construção de duas importantes obras de mobilidade urbana que
vão contribuir para a melhoria no trânsito da cidade.
Alça Leste – A maior será a Alça Leste, que terá mais de 6 quilômetros, a partir da
BR-230 (sentido João Pessoa Campina Grande). A outra obra será o alongamento da
Rua João Suassuna, até o Hospital da FAP, melhorando o tráfego de veículos que
seguem com destino à Universidade Federal de Campina Grande  (UFCG),
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Escola Redentorista, no Bairro de
Bodocongó.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano