Quando São Paulo virou Londres…

Fonte: Ônibus & Raridades

Texto: Jairo
Torquato Barbosa

Fotos: Divulgação

 
No dia 8 de setembro de 1987, São Paulo virou
Londres. A Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC) colocou em
circulação na cidade de São Paulo 11 unidades de ônibus de dois andares de 4,3
metros de altura. Eles circularam na linha 5111, no corredor de Santo Amaro. Em
1988, mais 26 foram adicionados à frota – dessa vez, fabricados pela Thamco
Indústria e Comércio. Como os londrinos, todos os 37 foram pintados de
vermelho.

Em cada um deles cabiam 112 passageiros (os
convencionais comportam atualmente 75, e os articulados!!!! Como todo bom
brasileiro, o nosso utilitário duplo ganhou um apelido: “Fofão” (devido a seus
cantos arredondados). A novidade, entretanto, não passou de uma experiência do
prefeito Jânio Quadros, que foi logo descartada: em 1993, os Fofões, que viviam
se enroscando nos cabos de força dos trólebus, foram tirados de circulação e
vendidos em leilões públicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança