Svelto Midi para a São Jorge

Fonte:
Portal Ônibus Paraibanos

Matéria
/ Texto: JC Barboza

Fotos:
Willian Francisco / Everaldo Neto / Thalison Santos
 
Parece
que realmente a Comil passou a ser a segunda opção de carrocerias do Grupo
A.Cândido. No último sábado foi flagrado em Curitiba, Paraná uma unidade do
Comil Svelto Midi para a Viação São Jorge.

Segundo
informações da empresa, foram adquiridos 10 unidades do modelo montados sobre chassi
Mercedes-Benz OF-1519 que serão utilizados nos fretamentos da empresa nos
estados da Bahia, Pernambuco, Maranhão e Piauí.
Comil
no Grupo A.Cândido
Empresas
como A Travel Bus Service – TBS, Nacional, Translíder, que fazem parte do Grupo
A. Cândido já tinham recebido outros modelos da encarroçadora gaúcha como o
Campione e o Piá. A própria São Jorge já tinha recebido o micro Piá há exato um ano.

9 Replies to “Svelto Midi para a São Jorge”

  1. Anônimo disse:

    São Jorge superando expectativas, adquirir 0km para o fretamento. Parabéns!!!
    Ela vem apresentando um grande crescimento, sendo a empresa do grupo que mais cresce, Junto com a TBS, a Trans. Nacional e Reunidas estão deixando a desejar ultimamente, a Nacional (Urbana) esta em decadência. Que a São Jorge cresça e se destaque mto mais.

  2. Anônimo disse:

    A Nacional urbana está uma vergonha! não parabenizo a são jorge, pois, fazendo parte do msm grupo, eram pra todas terem o mesmo padrão, como a trans faz com suas duas empresas urbanas de mesmo nome!

    • Anônimo disse:

      Cada empresa tem um administrador diferente, até 2010 a frota da São Jorge era bem Parecida com a da Nacional ambas tinham Torinos 0km e usados, Viales Ex-RJ, Apache Vip I, mas o tempo passou e as empresas se distanciaram um pouco, não se pode culpar a São Jorge pela estagnação da Nacional, afinal a São Jorge não é filial da Nacional como Trans. Nacional, E se você reparar a frota da TN em JP é mais semelhante com a Reunidas do que com a TN de CG, isso pq a Unitrans tem o msm Administrador.

  3. Fico feliz com a notícia, diversificar a frota é bom para quem utiliza (passageiros/usuários). Manter uma frota com apenas poucos modelos de ônibus de uma só carroceria que é o que acontece em Natal tirando os raros Caio é complicado, pois o cliente acaba ficando saturado com os produtos oferecidos pelas as empresas.

    Parabéns a São Jorge pela a aquisição. E que as demais empresas do grupo em especial as de Natal (Santa Maria e Reunidas) sigam o mesmo exemplo.

  4. Anônimo disse:

    Cliente lá quer saber se o ônibus é de modelo diferente, ele quer saber de ônibus novo, isso que importa!

  5. Anônimo disse:

    pena que são para o fretamento

  6. Anônimo disse:

    Agora se são pra fretamento, eu num sei porque veio com duas portas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.