Ônibus Paraibanos

Projeto ‘Operador em Ação’ prevê duas capacitações em abril para motoristas e cobradores da Unitrans

Fonte: Wscom
Foto: Marcos Filho

Os motoristas da empresa de ônibus Unitrans começaram na segunda-feira (07) mais um treinamento de ‘Condução Econômica’. A capacitação faz parte do projeto ‘Operador em Ação’ que prevê a realização de treinamentos mensais, com diversos temas, até o mês de novembro. A capacitação, realizada no auditório da empresa, começou no dia 07 e será encerrada na sexta-feira (11). Entre os dias 14 e 17 e 22 e 28 de abril, os cobradores da empresa participarão do módulo ‘Atendimento ao cliente e Acessibilidade’.

A proposta do treinamento de ‘Condução Econômica’, explica a psicóloga da Unitrans, Mariângela Chaves, é orientar os motoristas para aproveitar o melhor das novas tecnologias do ônibus
mais modernos. “Antigamente, os motoristas precisavam pisar e liberar a
embreagem duas vezes para passar uma marcha com qualidade. Isso fazia com que o
veículo consumisse ainda mais combustível e poluísse mais o meio ambiente.
Agora, com os carros elétricos, isso não é mais preciso, mas alguns motoristas,
especialmente os mais antigos, precisam ter treinamento para mudar a forma de
conduzir os novos ônibus, a fim de aproveitar melhor a tecnologia disponível e
tornar as viagens mais agradáveis. Essa é a proposta deste treinamento”, afirma
Mariângela.
Segundo ela, ao todo, serão
17 módulos de variados temas, ministrados por membros do próprio RH, pelos
técnicos do Serviço Especial de Segurança em Medicina no Trabalho (Sesmt),
pelos profissionais do setor médico e pelos instrutores operacionais da
Unitrans.
Durante o curso de ‘Condução
Econômica’, os motoristas e manobreiros aprenderão mais sobre o funcionamento
da caixa de marcha, acelerador, painel de controle e sobre as formas mais
econômicas de se dirigir um ônibus, evitando os vícios de condução como a
famosa “banguela” e as arrancadas que consomem mais combustível, além de não
agradar os passageiros.
Realizado de forma dinâmica
e interativa, o treinamento de abril, segundo o instrutor Charles Jorge Queiróz
Bezerra, é uma avaliação do que foi visto em fevereiro. “Essa capacitação é o
carro-chefe do projeto. O tema foi visto em fevereiro e agora volta a ser
revisto, desta vez, para avaliar com os motoristas o desempenho de cada um ao
volante após o curso. Isso é interessante porque vamos também dar um feedback
do treinamento e tirar as dúvidas que eles ainda podem ter com a prática dos
ensinamentos nas ruas”, comentou o instrutor.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.